22 de abr de 2015

MÃE TERRA - Rita Rocha



MÃE TERRA  

Rita Rocha 

   

Chora nossa Mãe, geme em prantos, agoniza.
o povo que  dela tira o sustento, só a martiriza.
Os rios  poluídos, com toda sorte de dejetos
tudo corre aleatoriamente, sem projetos.

Devido ao aquecimento global
o degelo se faz notar...calotas polares
a despencar. E os animais onde morar?!

As florestas são derrubadas e até queimadas
pra dá lugar às lavouras e o gado a pastar.
O homem realmente perdeu a noção do viver...
e essa energia nuclear! Onde iremos chegar?...

Porque não se aproveita a energia solar
ou a energia eólica, que temos sem nada custar
Que deixaremos pra os  nossos descendentes
um planeta morto, sem vida, a agonizar?..

Quisera eu ter uma varinha mágica,
E colocar cada animal, cada vegetal,
cada mineral e principalmente  o Homem
 No seu devido lugar ...e ao Planeta Salvar!

Respeitar o Meio - Ambiente é ...
 a  Mãe Terra  Amar e a Nossa  Vida Preservar!
Hoje Dia da Terra quero apenas desabafar! 



Texto RL  3721890
Santo Antônio de Pádua - RJ



Poesia e arte Rita Rocha




1 de abr de 2015

FELIZ PÁSCOA-Clube de Poetas




Trabalho da nossa poetisa e artista AugstaBS
que nos presenteou com este mimo.


Desejamos aos nossos amigos, seguidores, leitores uma abençoada e feliz Páscoa.