sexta-feira, 23 de junho de 2017

FESTA JUNINA NO CLUBE DE POETAS

Como sempre  a família Clube de Poetas se faz presente em todas as festas! 
 
 
 
 
 
Os  meninos do Clube estão  nas barraquinhas vendendo pinhão,quentão, batata doce e a maioria está na barraca do beijo!
 
 
 Eita!!!!
























Agora é só dançar!
 
Todos estão convidados!
 
Obaaaaaaaaaaaaaaa!!!
 



Arte Augusta BS





 QUADRILHANDO!

ZzCouto®  
 


O inverno vem chegando
e o frio está de rachar.
Vamos dançar a quadrilha
pra gente se esquentar...
 
Saborear delícias como
milho, curau, canjica e quentão.
Rodopiar, dançar, cantar
até ficar tonta(o) e cair no chão...
 
Coisa boa dançar quadrilha
sem nenhuma corrupção.
Vamos nos alegrar e brincar
sem precisar de apelação...
 
Para o forró arrumei um parceiro
 vou dançar até o dia clarear.
Me divertir sem cansar
até não aguentar e arriar!!!!
 
RJ-21/06/17





VAMU FAZÊ AMÔ

Anna Peralva



Vamu lá ômi,
óia as istrelas nu céu brianu.
Vamu ponhá um pocu di luz
qui prá nóis tá fartanu...

Vamu juntá uns gravetus
i fazê uma fuguera,
quem sabe arguma faguia
cai im ocê,
i acendi essa cinzera!

Ai... Ai...
Já tô cum tremedera, as pernas bambianu
di tanta sardade di fazê amô cum ocê.
Si acuntecê tar milagri
vamus nus adivirtir a noiti intera,
afuguiando u friu desse casóriu
qui mais pareci um velóriu.

Num dá mais prá guentá esse querê,
vamu ficá garradinhu, braçadinhu,
cum u corpu coladinhu...Suadinhu,
tudu ficandu arripiadinhu...

Óia a lua nu céu, tudinha isparramada...
Nóis si deita ali mermu nu campim
faz tudu bem divagazinhu,
cumu era tigamente.
Vamu ripiti inté num mais guentá
ou u corpu cumeçá a coçá.

Si mais indiante acuntecê arguma nuvidadi,
adispois nóis diz prá fialhada
qui a lua foi a curpada.