terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Nossos Poetas


Olha as Margaridas

Adaildes Alves Moreira


  
Meu ar,minha vida...
Olha as Margaridas!
São para você, vida!
Entre milhões de pessoas,
existe você entre a imensa multidão...
E você, mora no meu coração,
dando sentido aos meus sonhos e imaginação...
Vida é você,meu Amor!





Presente de amor 

Adelia Mateus



Pode ser um simples cartãozinho
escrito com muito amor...

Pode ser um buquê de rosas vermelhas
simbolizando o nosso amor...

Pode ser o seu coração embrulhado
em linda caixa de presente...

Mas que este presente venha
junto com você, trazendo seu abraço,
seu beijo, com muito amor e carinho.

Meu profundo desejo de Amor.




Se um dia...

Angela*Poesi@

Se um dia eu partir...
É que fui em busca de você...
Que aqui não te encontrei...
E sem voce nao sei viver...

Te procurarei em todos os lugares...
Nas noites..nas estrelas...na lua...
Que sempre foram tão nossas...
Ah!...quanto nos amamos...

Mas se em nenhum lugar...
Eu lhe encontrar...
Eu vou olhar em meu coração...
La você sempre estará...




AMOR É ARTE!

Anna Peralva



Doce essência da vida

que pulsa livre e solta...

É gratidão dividida!


Amor é perdão sem rancor,

cumplicidade, companheirismo,

na alegria e na dor...


É sentimento em ebulição,

felicidade que corre nas veias...

È canto sublime da emoção!


Amar é mais que "te amo",

palavra alguma é capaz

de traduzir tal paz!


Amor é ter a alma em harmonia

e o tempo como guardião do sentir.

Amar é ter no olhar alquimia!


Saber amar é uma arte

e para que ela se eternize,

cada um faz sua parte!


Amar é um jardim de sonhares

que transmutam momentos

e argentam a realidade!





MARCAS

Ariovaldo Cavarzan



Ficarão vestígios de saudades,
esculpidos em painéis de memória;
sinais deixados em caminhos andados,
a sós, ou em vislumbres de afagos.

Restarão acalentos de abraços,
 sonhados em suspiros de paixão;
resquícios de aconchegos guardados,
em escrínios de coração.



Sobejas marcas de brisa soprada,
em enlevos arrebatados,
à espera dos ritos 
da vida por vir.





Por que Te amo Tanto!    

Augusta BS


                 
Porque  assim como sou ,me aceitaste.
Me amaste sem preconceito.
Por ti, com teu amor , me enfeitiçaste.
Por tanto me querer ,me  amaste do teu melhor  jeito.


              
Por que te amo tanto!

Porque já não mais me enxergava e devolveste meu  viver.
Por  querer de mim ser tua sombra sem cobrança...
Por me fazer sempre lembrar de não deixar de te querer...
e do teu amor sincero, nunca perder a esperança.



Por que te amo tanto! 

Agora está  tão fácil responder !
Tu tens amor  bastante  pra me amar.
Não tem o que não entender!
E eu tenho  a qualquer hora do dia, esse amor pra poder  te saciar.




Por que te amo tanto!

Por tudo que já falei...
E  neste instante  até já somei e  multipliquei.
Deu o resultado que eu sequer um dia  imaginei.
O passado eu enterrei.
O presente eu viverei e o futuro junto de ti sempre estarei.





Teus beijos! 

Ciducha



Sinto-o ainda...
como se pudesse vê-lo
estender a mão e tocá-lo
roubar seus beijos!

Oferecer-me ao insano furto
dos beijos meus, para juntá-los aos seus
levando-nos ao delírio
delicioso delírio!


Seus beijos...
preciso deles e é urgente!
Quero seus dengos,
seus prazeres,
que são meus também!

Seus beijos,
lembro bem...
os enleios tantos que vivemos
trêmulos e de corpos enlaçados,
às vezes saciados
outras vezes, nem tanto...

deixando sempre para depois,
um pouquinho de nós dois...
nos beijos seus...
nos beijos meus...
nossos beijos!





Me Leva

Eliana Ellinger


Eu, sozinha nesse mundo,
esperando por você,
o amor mais profundo
que um dia Deus me deu...

Meu coração, batendo de saudade,
sussurrando eternos sonhos
e no meu corpo a ansiedade,
de estar colado ao seu...

Vai-se o tempo e já não vejo
nosso amor, nossa paixão, 
sem saber o por quê...

Vem, segura minha mão
e, simplesmente,
me leva junto com você!





Além da morte

Hamilton Brito



Muda-se  a roupa, o endereço

Muda-se até de apreço...

...muda-se de opinião.

Sempre achei nada existir

E ao  morrer  há um só lugar

Um único  para se ir.

É aquele pedaço de chão.

Nada há além da morte...

Muda-se o pensamento, por sorte.

Se não, como agora eu viveria?

Como me encaixar  neste mundo

Se você daqui se foi.

Como suportar esse vazio em mim

Essa insegurança em viver

Aliada a uma vontade de morrer

Para com você  voltar a ser?

Sei agora que há o além da morte...

Nele é que você está.

Isso é que dá sentido, dá razão

E que tira de mim todo o horror

De uma existência  sem você.


" Cara, te voglio tanto bene..."


Mara, Deus te pague pela arte.





Outono de ser...

HildaRosa
  

No entardecer
minhas memórias caem
como folhas amarelecidas,
que voam com o vento.
  
Um caminhar trôpego
que em caminhos floridos percorreram,
misturam-se ao bailados das folhas caidas.
  
Neste outono de ser
vejo as montanhas com a cor de ouro
pinceladas de lilás, amarelo,
das quaresmeiras que se esquecem do outono.
  
É sempre primavera mesmo agora
em tons de marron, amarelo,
Sigo passos pequenos,
em jardins de folhas quebradiças.





AH, UM SONETO!

Jorge Humberto



Como se fosses hoje – e fosses aqui
Presença, chamada à lembrança –,
Recordo-te, num banco de jardim,
Como se fora a luz, em tua trança.


Como se fosses agora, ao pé de mim,
E fôramos dois como numa dança,
Então não serias mais lembrança aqui,
Ó doce Mimi, ó minha terna criança.


Ó minha terna criança, ó minha ternura,
Como se fôssemos um grito nos céus,
Como se fosses, uma claridade de alvura,

E fosses tu, aqui e hoje, só pra mim;
Como nos sonhos, que são só meus... 
Como ao Acordar, seria assim: ASSIM!!!





GUERREIRO DA PAZ

JRONALDOJR


Sempre um guerreiro da paz
Usando da cor azul e lilás
Na frequência do azul que serena
E da do lilás para sair de "cena"

Não se combate o mal
Usando de uma arma "igual"
É só ter coerencia...
Não existe nenhuma ciência

Quer transbordar no amor?
Ofereça á todos... uma flor
Não se prega a paz sem conduta
Deve se expor e ir...à luta

Quer realmente ser uma Luz?
Ajude seu irmão a carregar sua cruz
Palavras? perdem-se ao vento
Tem que mudar lá "dentro"

Falar da paz? quanta utopia
Se não se consegue nem ver a luz do dia
Luz...é beleza interior
Ah! com essa? chega ao "Senhor"

Por que usar da fantasia?
Se não se sabe fazer a magia
É cego guiando a boiada
Isso? não te leva a..."nada"

Como no mundo ecoa
Gente usando nome de outra pessoa
Para levar desarmonia
Em plena luz do dia?

Lei da ação e reação com rigor
Vai interagir quem sabe no caluniador
Ou com desamor
Naquele que o caluniador tem MUITO AMOR...

É Lei do Universo
Está escrito no uno e no verso
Não se esconde para sempre
A mascará vai cair facilmente...

Aí não adianta chorar
Nem os "céus" irão ajudar
Mas há tempo de arrepender
E mudar dentro para não sofrer!!!





A MAIS DOCE CANÇÃO DE AMOR 

Marcial Salaverry


A mais doce canção, 
é aquela que o amor canta em nosso coração,
que nos faz sentir que na vida, 
teremos muitos momentos felizes...
Que este amor viveremos... 
E é isso o que queremos... 
O resto, depois veremos...
O amor assim vivido,  
é o melhor que se pode viver...
Vamos sentindo o carinho, 
e esse é o exato caminho 
para a total felicidade
de que nossa alma tem necessidade
para não ficar na saudade...
Apenas esperando o que está por vir em nosso porvir...
Ouvir uma canção de amor
a nós dirigida... 
Será bom demais...





CARTA DE AMOR

Maria Luiza Bonini




A ti, 
Homem - carinho
Fonte de meus desejos
Ternura que se aninha
Som da música que solfejo
Alegria e alimento infindo
Ser - viver sob amor 
lampejo
De sonhos e devaneios ímpios
Ardor do dar-se sem pudor


Magia que nos une ao 
firmamento
Quando tenho-te  comigo
Aconchego do angelical abrigo


Amor que tanto venero
Que seja tua a minha vida
És o meu sentir eterno


Rendo-me ao que me fez cativa
Com todo amor, me entrego
Para ser tua mulher amante
Para sempre, ou só por um 
instante



VENHA, MEU AMOR

(Maria Tomasia)




Venha, meu amor, entre nos meus sonhos.
Aproveite  a aragem trazida pelo vento
e acabe com os meus ares tristonhos.
Venha sentir a força do meu pensamento
cheio daquele carinho que vem do coração.
Vivamos, mais uma vez, o amor que é só nosso
pleno da maior paixão, com toda emoção.
Ame-me com o mesmo arrebatamento,
porque a saudade o meu peito já invade.
Seus beijos e abraços, como fazem falta!
Se um dia existi, foi só para fazê-lo feliz.
Por isso  peço, venha, traga-me seu amor.
Quando  penetrar nos meus sonhos,
saberá que eu o amo de verdade.
Por isso peço, venha logo, não demore!
Façamos de um sonho, a  realidade.





Delira a Poesia

Marilda Conceição
(Ternura)




O que sabes de poesia?
Sabes do amor poeta,
confessas sentimentos ao papel
desenhas versos com sensibilidade e magia.


E do amor que cala
nas profundezas do teu ser
inebriando tua alma de inspiração,
delira a poesia num grito de emoção!






O Amor que Escolhi...

Nídia Vargas Potsch


       
Deliberadamente viver
Encontra-se contido em mim
Aprisionado em redoma
Tatuado no âmago de minh'alma.

       
É um amor silente, acalentado apenas
Pela suave brisa ligeira que passa
No começo do entardecer
Como labaredas em delírio...

       
Este amor é que me torna plena
Mulher totalmente pronta pra amar
Amor adormecido na magia 
Do desejo de se dar.

       
Como sol que vai aquecendo aos poucos
Braços precisando dos seus abraços
Mar revolto em dia de tempestade
Montanhas tão altas que tocam o céu 
Com nuvens manchadas de negro.

       
Assim como um deserto imenso 
Porém repleto de vida escondida. 
Como auroras de manhãs ensolaradas 
Que se perdem num murmúrio de amor.

       
Um amor que floresce a cada dia
Nas improdutivas rimas das minhas poesias
Eivado de incontida emoção
Paixão regada por lágrimas de solidão...





UM VELHO

Orlando Caetano



De tez morena
tostada p'lo sol
olhar marcado
por um passado
de sofrimento
o velho resiste
à ventania e à erosão

Garboso insiste
e passo a passo
sem medo avança
em dias amargos
árduos e severos
de privação

O seu porte altivo
lembra um rochedo
p'lo mar batido

Sufoca a dor
e com nobreza
o velho enfrenta
tanta tormenta
sem desistir





Meu Canto

Rita Rocha



Meu  canto é o grito d´alma.

Sol que brilha em noite escura;

fonte cristalina que me acalma

 docificante na amargura.



É saudade,  amor, é palma

que ameniza a secura.

lágrima que brilha, ensalma

no raio de luz na agrura.



Poesia é o canto do meu canto

que a minha vida dá sentido.

Um agasalho, rico manto, 

num pobre coração ferido.



Quero levar meu canto

aos  longínquos rincões.

Sem derramar um  pranto

vou tocando  corações!






APRENDENDO A OUVIR

Sérgio Diniz Barros Guedes



Ouço-te

e não falo.

como posso falar

se ouvir me faz calar,

enquanto calado,

aprendo com a tua fala,

falando nada acrescento

ao meu mundo pequeno,

por isso, às vezes,

gosto de ser mudo

para mudarem as coisas

da minha vida,

na imensidão do meu ser...






Complexa e Inexplicável

Sueli do Espírito Santo



Sou complexa… inexplicável

às vezes delicada… tão feminina

escondendo uma garra felina

com uma força inestimável



Sou essa força reprimida

com segredos de fraqueza

que trazem-me a torpeza

sou assim sempre comedida



Sou não sei o que, comum até

neste grande barco da vida

às vezes meio que perdida

a busca daquele que de fato É





Perdão...

SUELYDAM



Perdão por te amar num repente

sendo meu amor já velho, mas adormecido

perdão pelas horas que fiquei descrente

se deixei de ser canção aos teus ouvidos


Perdão se perdi de tua boca o sorriso

pelas noites que não te acalentei

se deixei porventura de ser teu abrigo

perdão pelos dias que longe fiquei


Perdão se não segui teus passos

na escura caminhada que amedronta

perdão se não te ofereci meu braço

na dura escalada rumo ao horizonte



Mas te deixo a doçura da minha melancolia

te deixo o rumo e o prumo de meu vazio

que Deus permita possa ter-te um dia

para que meu caminho seja menos sombrio!!





Revivo Momentos

Vanderli Granatto



Ansiosa singro o pensamento.
Vivo as ilusões encantada,
num desejo adorável,
de viver sem comedimento
uma história, impregnada de mel. 



Mirando sonhos, o desejo incontrolável,
sorvo a saudade, que anda descontrolada.
Juras de amor é algo imensurável.
O tempo aliado, não apaga ilusões.
Revivo momentos.  Grandes emoções!


Ah, sentimento salutar!
Quando existente não finda.
Traz alegrias consistentes,
com alegorias persistentes.
Eleva o ser, causa sensações lindas.





DETALHE!

ZzCouto®  

       
       
Não sei! É tão difícil entender...
Dizer nossas verdades
como quem se expõe corpo inteiro,
em cada palavra, passo e gesto,
depois que mascaramos o medo do sofrer
de tanto nos fazer temer...


E depois de tudo dito, repetido,
com palavras simples, declaradas,
transparentes e apaixonadas,
meio forma caminho para numa 
união viver com encanto,
doçura e bravura...
A decepção!!!


Um desespero inexplicável,
suga, esvazia e esvai,
porque a alma estremece
e todo ardor subtrai...
Desconsola, machuca, esfola
e de dor assola.


Espero, reflito por um momento
e o lado poeta agora fala,
porque ele tem amor, energia,
sente a flâmula de suas entranhas
na grandeza do seu ser
e no que vier a ser... apenas um
DETALHE.