28 de nov. de 2020


Com alegria comemoramos mais um ano do Clube de Poetas, 14 anos de companheirismo, poesia e arte.
Esse grupo nasceu pelas mãos da poetisa Eme Paiva, cresceu, venceu batalhas e fez sucesso.
Muitos por algum motivo se foram, outros partiram para outra dimensão e deixaram imensa saudade e doces recordações, sinto saudades desse tempo.
Já fomos um grupo grande em numero de associados, hoje nem tanto, alguns em total silêncio, outros ainda muito participativos.
O tempo passou veloz, a idade avançou, e por motivos alheios a nossa vontade deixamos de estar tão presentes.
Mas este grupo sempre foi grandioso, a paz reina entre nós, unidos somos pelo respeito, amizade e harmonia.
Agradeço e parabenizo a todos os amigos.
 




 

15 de nov. de 2020

Nota de falecimento

 Com imensa tristeza, comunicamos o falecimento do querido amigo poeta J.Ronaldo, ocorrido ontem. Nossos sentimentos a todos os familiares e amigos





9 de mai. de 2020

Dia das Mães





Conversando com minha MÃE 

Adelia Mateus



Mãezinha !
De onde a senhora está, sei que
sabe a saudade que sinto.
Como é difícil o meu viver sem a
sua presença.

Vivo das lembranças do passado...
Mulher batalhadora que soube
me mostrar os caminhos da vida. 

Tudo que sou hoje agradeço o esforço
e sacrifício que fizeste por mim.
Mas o que eu queria mesmo, é 
ter a senhora ao meu lado.

Sei que papai do céu a queria ao lado dele.
E eu fico aqui chorando, sentindo sua falta.
Os anos passam mas a saudade continua a mesma.

O vazio que sinto é imenso.
O que me conforta é saber que quando
chegar a minha hora ficarei ao seu lado.

Beijos eternos de sua filha.




À MÃE DE TODAS AS MÃES

Maria Luiza Bonini



A ti,  meu louvor, minha súplica e  minha prece
Neste dia, em que a todas as mães é dedicado
Para que, em ti, venham a encontrar alicerces
Na divina missão que em teu amor foi inspirado


A ti, meu louvor, minha súplica e minha prece
Mãe de todas as mães, da pureza sem pecado
Que, sob teu divino manto, recebam a benesse
Filhas mães e seus inocentes filhos abandonados


A ti, meu louvor, minha súplica e minha prece
Às insensíveis mães que rejeitam o dever sagrado
De acolherem em seu seio o filho por elas indesejado


A ti, meu louvor, minha súplica e minha prece
Às mães que se dedicam ao dever uno e supremo
Na experiência do amor-mór, incondicionalmente eterno




SER MÃE

Anna Peralva


Acolhe a vida! Com fé viva abre portas
aponta o caminho e fala do futuro!
Ninho certo, onde pássaro ferido aporta
e na certeza do outro dia, voa seguro!

Abençoado coração que contorna horas,
cúmplices doces mãos na dor e na alegria.
A cada tempo pincela sonhos-auroras
compondo em espelhos, canto de sabedoria.

Harmonioso arranjo poético vindo dos céus,
anjo que protege num corpo de mulher!
Na luz do olhar, a ternura sem véus!

Enxugando lágrimas e colhendo sorrisos
vai doando amor, onde um filho seu estiver!
É um Ser Mãe, braços sempre estendidos!




MÃES

JRonaldo-JR


Hoje comemora-se o seu dia
Mãe não existe um dia, e pura sincronia
Mãe é muito além
Vai muito aquém

Mãe é terra que produz
É luz que conduz
É pura emoção
Vai além da compreensão

É a que faz a união
É a que mantém uma nação
É o equilibrio sem igual
É o tempero Universal

Está acima do bem e do mal
Ela coloca com esmêro o sal
Nessa esfera
Não seria o sal da terra?

Parabéns MÃES de corpo presente
MÃES aqui ausentes
Que deixaram suas sementes
Com todo amor em nossas mentes

Minha Mãezinha querida
Me deste muito mais que uma vida
Ensinou me o caminho
Hoje... sei onde é o ninho!!!

O MEU ETERNO AGRADECIMENTO



A Mãe das mães
Eugénio de Sá



Em ti as mães do mundo se revêem
Doce Maria, mãe de Deus, amada
No Céu ora por elas, que em ti crêem
Pois todas te veneram, confiadas


Em Fátima ou em Lourdes, multidões
Acorrem aos santuários Marianos
Com fé, ternura, e esperança esses milhões
A ti rezam, Senhora, há dois mil anos


Dia da Mãe são todos, Virgem Santa
Nos calendários de todas as nações
A ti invoco, com certeza tanta
Porque és a Mãe das mães das gerações;


Dá-lhes a paz Senhora, pra que vejam
Crescer e ser felizes os seus filhos
Que eles as saibam merecer e no que sejam
Hajam marcas Ti e dos Teus trilhos



DOCE CARINHO MATERNO

Marcial Salaverry


"O que queremos fazer com a vida?"
Quantas vezes se faz essa pergunta,
à procura da orientação materna... 
E conta-se com o apoio da sua mão terna,
que vem sempre em socorro, 
apontando o caminho, acalmando o coração,
fazendo pensar, com um tempo para reflexão,
que é preciso pensar bem
para acalmar o coração inquieto,
que sem ela não fica quieto,
esperando que ela chegue
tranquilizando com as palavras certas,
e sempre dizendo com sabedoria, 
"o diabo sabe por diabo, 
mas mais sabe por sua idade..."
Sempre se deve escutar 
a voz da experiencia,
que com paciencia
sabe aconselhar,
para que se possa o rumo acertar...
E durante toda a vida
diz-se sempre, de coração,
OBRIGADO MAMÃE QUERIDA...




VISITA DE MÃE
Ariovaldo Cavarzan

  
Ela chegou de mansinho, quase sem se fazer notar.

Talvez tenha viajado nas asas de alguma borboleta,

ou, quem sabe, no verde-dourado das penas de um beija-flor,

desses que flutuam ao beijar as flores que enfeitam o meu jardim.

Encontrou-me saudoso, ainda à mesa do café,

revelando-se no cheiro de açucena que se espalhou pelo ar,

e no suave arrepio que fez perpassar o meu corpo, ao se aproximar.

Mães são seres especiais, escolhidas por Deus por despenseiras

de vida e amor. São almas que embalam almas.

Acalentam abraçam, soerguem, protegem, deixam soluçar,

intentando lenir dores de desencontros, decepções, tristezas,

do muito e muito amar.

Dão forças e, por vezes, nos ensinam a chorar.

Também são como flores a enfeitar jardins de vidas,

adoradas por filhos, quais beija-flores e borboletas,

jardineiros de lidas, artesãos de esperança,

em sua busca de amor, paz e felicidade.

Era um segundo domingo de maio.

Do mesmo jeito que chegou, ela se foi,

calma, silenciosa, cheirosa, com jeito de amor,

feito brisa fresca que causa arrepio e deixa saudade.

Certamente, ao ir-se embora, pegou novamente carona

em asas de borboleta, ou em verdes-dourados

das penas de algum beija-flor.

Obrigado, mãe, por ter vindo me visitar.



UM ATO DE AMOR

(ao dia da Mãe)

Mário Matta e Silva


Nos tempos recuados conhecidos
Da História da Humanidade
Se realçaram atos destemidos
Na hora suprema da maternidade.


Já no ventre da Mãe é um ente querido
Que se forma de um momento de prazer
E o parto em si é um bem destemido
Um vigoroso bem-amar e bem-querer.


A figura de Mãe é hora de dor
Mas de desejo, esperança e amor
Que cresce na vigília de um novo Ser


Oh, mater sublime e esplendorosa 
Que dás vida e és formosa
Nesse cântico vigoroso de viver.

3 de Maio de 2020



MINHA QUERIDA MÃEZINHA!

PARABÉNS POR ESTE DIA 10 DE MAIO
QUE TE É DEDICADO

 
  
Desta rosa tirei os espinhos
Deixo com ela meu carinho
Que te ofereço com emoção

Do fundo do meu coração.

Ary Franco (O Poeta Descalço)




MÃE...
Yna Beta


Nem sei o que escrever,
 MÃE,
 é uma palavra tão pequena,
 tão doce, tão linda...
Mãe:  É amor, carinho,
 aconchego, alegria,
 e para alguns, é saudade....
Muita saudade...
Mãe,
estás com o coral dos anjos,
numa linda, iluminada e colorida
luz de nuvens feita de amor.
Sua aura é um reluzente diamante
 que irá durar eternamente...
 MÃE,
 nesse grande e glorioso dia,
meus PARABÉNS...
Que as que ainda estão
no plano terreno,
 sejam homenageadas como deveria
 ser todos os dias de suas vidas.
Mãe é como o diamante:
 ETERNAS...

FELIZ Dia das MÃES




MINHA MÃE MINHA AMADA


Minha mãe, minha adorada,
sem tua presença sou nada.
Minha mãe, muito obrigado,
por tudo o que me tens dado.

Da juventude fica-te a certeza,
que na velhice é pura beleza.
Minha mãe, minha amada,
tuas mãos são mãos de fada.

Elevo aos céus estares comigo,
salvando-me de qualquer perigo.
Minha mãe, minha companheira,
és para mim a mulher primeira.

Minha mãe, que nasceste no dia
em que me tiveste, tua é a alegria,
que conforta o meu coração,
em dias e noites de pura solidão.

Minha mãe, minha amada,
minha prece aqui elevada,
dás-me de ti o teu bocado,
caminhando comigo lado a lado.

Oh, minha mãe, mais que tudo
é o verbo, que não fica mudo
perante a certeza de te amar
mais que o ar que sóis respirar.

Jorge Humberto
30/04/10




MÃE DA VERDADE!
ZzCouto®

Quem sabe aquela mãe
uma fada esconjurada condenada
ao mistério das ruas,
aos escapamentos abertos,
as buzinas, a correria e sujeira
das calçadas, aos delírios
decompostos nas marquises?
Pode ser uma bruxa num
 instante de alegria e bondade;
pode ser uma filha perdida
à procura da mãe Pátria,
ou será guerrilheira driblando
os poderosos tentáculos
da infeliz morte?
Pode ser a mãe de todos nós
à procura de uma visão
que nos devolva aos seus braços,
Paz e tranquilidade.
Também pode ser bailarina
dançando as glórias do passado
num "pas des deus" imaginário
com Nijinsky?
Talvez seja santa numa visita
anônima à Terra e que talvez esconda
cristais na garganta e só cante aos
amigos da sarjeta.
Lá está ela.. mas quem será?
Será linda, será louca?
Ou será a consciência do País
chamando o impossível táxi
corrupto da verdade?




Mãe
Rita Rocha


Envolvida em fortaleza,
bênção, puro amor de Deus,
traz na força a realeza,
toda a Paz aos filhos seus.

Mulher, fonte toda a vida,
 mesmo envolta em tanta dor,
com a Paz, comprometida,
gera ao mundo muito amor.

Pondo o ninho da família
em seu berço acolhedor,
luz da Paz fica em vigília,
com Maria e o Redentor.

Mãe é graça, a mais divina,
 alma boa e devotada,
Paz da luz que o céu domina
nessa vida conturbada!

Santo Antônio de Pádua- RJ-Brasil




Divina Maria
Vanderli Granatto


Que ao entardecer deste dia
Possamos consagrá-lo à Virgem Maria!
Ela que carregou seu filho no ventre,
trouxe-o ao mundo e fortaleceu-se.
Criou-o com toda dedicação,
a cada dia o abençoou.
Viu-o Maria, engrandecer-se entre os sábios.
Viu-o Maria crescer em sabedoria
Mas ao vê-lo na Cruz,
pediu por piedade,
Derramou lágrimas  de tristeza, de dor.
Ajoelhou-se diante da cruz
E viu seu filho partir.
Hoje quantas mães choram
pelos amados filhos seus!
Implorando caridade, justiça,
fraternidade, perdão,
implorando um pouco de paz,
neste mundo de Deus.
Maria Mãe consagrada
pelas lágrimas  de seu sofrimento,
peço também a Jesus
um pouco de alento.
Perdoa os nossos pecados,
nos faça caminhar,
sabendo carregar a cruz.
Nos proteja das maldades, insanidades,
nos dê um raio de luminosidade,
alivie o sofrimento,
que haja discernimento, coerências nas ações.
Abriga-nos no seu manto sagrado.
Nos dê um lenitivo pra vida,
nos faça humildes, resignados.
E que sua sempre presença,
nos faça confortados.
Amém!Botucatu/SP















28 de abr. de 2020

Cantinho da Saudade





 Sombras

      Caio Lucas
       

      Ontem foram sombras que passaram,
      em torno ainda carrego traços,
      de um céu que não mais assombra,
      nem deixa outra tomar meus braços.
       

      O sentimento é mistério guardado,
      nas alturas faz-se ritmo e forma,
      acima das negras nuvens de amanhãs,
      o hoje vem e o amor retorna.
       

      Somos o universo de apenas dois,
      separando as sombras do prazer feito,
      guardei na carne nossos antes,
      da mulher apertada contra peito.
       

      06/07/2009




O Amor

Cibele Carvalho


Quando o amor está presente,
tudo em nós deixa transparecer.
A alegria que a gente sente 
torna a vida mais fácil de viver.

Nossos olhos brilham diferente,
refletem nossa luz interior.
Nada ilumina mais a gente
do que a luz provinda do amor. 

*****

RJ,12/08/15




DEVANEIO DE TI

Lilia Machado


Bramei com voz rouca
O teu nome em meu sonho...
Antevejo presságios de amor...

Tarde de primavera num sonho de amor
Ardendo no peito a saudade de estar
Rondando o teu corpo ardente de amor
Deitada na relva a pensar no furor...
Encolhida nos braços de ti meu amor!




BARCO DA VIDA

Luiza Porto



Barco a vela,
ao sabor do vento,
segue um rumo imaginário
na batida das ondas.
Sua rota é dirigida pelas estrelas
que porto irás chegar
não importa...
Sempre se faz ao mar.
Enfrenta tempestades
sai quase ileso, apenas
uma vela rasgada,
nada que não possa
ser reparada.
Vai meu barco vida,
segue seu rumo
enfrente o mar bravio
chegue a um porto
que se chama...Amor.





POR TODA A MINHA VIDA

by Penhah Castro



Quero você meu amor para esta vida, 
Por toda esta vida...
Para ser meu eterno namorado ,
um companheiro cumplice,
uma amante carinhoso,
uma amor com encontro marcado
para toda a eternidade....

Quero você meu amor diário
sem compromisso no papel,
mas compromisso na alma, 
de ser meu amor,  somente ,
de ser namorado eternamente....

Quero você meu amor companheiro
para as primaveras dos meus dias,
para o verão enfeitiçado!
Quero-o quando o outono chegar
suas mãozinhas segurar,
cuidando-nos mutuamente, 
amando-nos a cada olhar...
E, no inverno , quando ele chegar,
estaremos tão juntinhos 
que quando Deus o chamar
fecharei meus olhos e, com você,
quero a esta viagem me entregar...

São Paulo 31 de dezembro de 2008




UM AMOR E UMA SAUDADE

Rogério Miranda



Liberto meus pensamentos
a procura de uma emoção 
que faça do presente 
a poesia de seu amanhã...

O dia começa 
com os versos da ausência
de seus beijos,
que fez do destino 
a canção de um amor
que ficou no papel
da emoção,
amassado pelo destino...

A vida se perdeu sem rumo
quando o adeus partiu no
meio de lagrimas, 
escondidas atrás de uma 
magoa esquecida no tempo.

Palavras de amor as ondas 
do mar, levaram a poesia
que escrevemos na areia
para junto das estrelas, 
que hoje navegam sem destino
e sem esperança de encontrar
nossos sonhos...

O castelo que foi construído
de sonhos, foi  carregado pela correnteza 
da vida, deixando nosso
amor no vazio de uma saudade.

Dormirmos entre beijos e abraços
e acordamos na despedida de um
amor, que amarga 
a promessa que não se cumpriu...


Sonhamos juntos com
um destino que construíu 
a dor da separação, deixamos
nosso retrato esquecido no passado,
guardado na lembrança 
da emoção que fez da vida
um faz de conta do destino....

O sereno  testemunhou 
quantas lagrimas 
se perderam nas noites 
que a saudade,
chorou nos versos 
de um sonho guardado
na paz de um amor...




Coração Falante

Schyrlei Pinheiro



Ah! coração, 
porque não te cansas
de pulsar esse amor calado,
que vive em meu peito, 
e a todo instante grita,
fazendo-me sofrer e chorar, 
lamentando esconder
o prazer de te amar.
Quero sorrir, 
sem esperar o dia escurecer,
a noite adormecer,
e o amanhã chegar,
vivendo apenas sonhando
que, ao teu lado, 
poderia despertar
te amando. 




CALO PARA TE SENTIR

Zelisa Camargo



Calo para sentir tua presença ausente
mas sentida em totalidade
como real fosse.
Calo nas madrugadas onde o silêncio diz de nós
e podemos comungar nessa distância o nosso sentir,
nosso amor que nasceu da alma e da
eterna busca .
Distantes estamos, mas o nosso
tempo difere
e somos unas mesmo nessa imensidão
nesse silencio,
nessa ausência .
mas sendo palavra vivida
sentida em profundidade.
O nosso ser que se entrega sem medo
de sofrer e se angustiar
pois o amor que emana imenso se torna
nesse calado em eterna busca
onde possamos ser apenas amor.
Hoje calo minha voz perante teu silêncio
tua ausência
tuas duvidas
teus conflitos.
Calo e espero pela tua chegada.
Pois mesmo ausente
estas dentro de mim.
Calo e espero...
nada mais a fazer.
ZEL