domingo, 28 de agosto de 2016

MOMENTO DE SAUDADE


RETALHOS

Lilia Machado
Gosto quando me olha sério,
Parece que você é mais meu.
Fico dengosa quando brinca comigo,
Parece que somos infantis...
Fico manhosa quando ralha comigo,
Parece que você é meu pai.
Fico chateada quando é injusto comigo,
Parece que você é meu algoz.
Gosto quando fazemos as pazes:
Rimos,
Brincamos,
Somos infantis...
Olhos nos olhos,
Diz que me ama
Parece que você é mais meu...
Me sinto mulher,
Mais dona de nós!
MEU CORAÇÃO PEDIU MAIS AMOR!
by Penhah Castro
A chuva caia torrencialmente
e, meu coração se agitou,
silenciosamente gritou
QUERO MUITO MAIS AMOR!!!!!
Eu o ouvi assustada
porque sempre acreditara
que tanto amor eu lhe dera
que havia recebido
em troca do que eu doara...

Meu coração adorado
você é minha vida!
O depósito de todo o meu amor
onde você é IMPERADOR...
Gosto tanto de com você estar
sempre em paz e em sintonia
sentir a brisa do carinho
que vem de você
acariciando meu rosto, meu corpo...
O sussurro da esperança
suavemente ao meu ouvido dizendo
de todos os meus merecimentos...
Os olhos da sabedoria
Mostrando caminhos no meu dia a dia
Os lábios do encanto
pronunciando palavras que me inebriam...
AH! CORAÇÃO TÂO AMADO
nem mesmo os meus pecados
deixam impurezas ai...
Eu me perdôo e meu amor afirmo
diariamente, para certeza ter
que só você é o depositário perene
do um amor cuidado e pra sempre...
De um sentir verdadeiro
de um amor que dou por inteiro...
ABISMO DA ILUSÃO
Rogério Miranda
O amor que tenho
para preencher sua vida
com o azul da lua,
é o amor que não soube amar...
Deixando de oferecer ao seu coração
um amor com sentimentos da alma...
Amei-te na fantasia,
sem saber tirar a máscara
que escondia meu amor,
não me preocupei c0m fragmentos
de sentimentos
que ficaram marcados na vida...
Não fui fiel ao seu amor,
hoje mendigando um olhar seu,
procuro a esperança de ver seu sorriso
me chamando para te abraçar...
Sem saber o que é esperança,
recolho lágrimas abandonadas,
lamentando o amor que se perdeu
em mágoas....
Sombras
Caio Lucas


Ontem foram sombras que passaram,
em torno ainda carrego traços,
de um céu que não mais assombra,
nem deixa outra tomar meus braços.


O sentimento é mistério guardado,
nas alturas faz-se ritmo e forma,
acima das negras nuvens de amanhãs,
o hoje vem e o amor retorna.


Somos o universo de apenas dois,
separando as sombras do prazer feito,
guardei na carne nossos antes,
da mulher apertada contra peito.

06/07/2009
CHEGOU
Luiza Porto
Chegou assim, como um amigo
uma conversa gostosa.
Jeito moleque, atrevido
e fiquei assim...Dengosa.
Foi chegando
como quem nada quer.
E eu a imaginar
um fim de tarde de setembro.
Beijo roubado, gentil candura
soube chegar, quebrou barreiras
para vivermos uma doce aventura.
Foi encanto, acalanto
continuas moleque e atrevido
a enxugar com beijos, meu pranto.
POETA PEREGRINO DO AMOR

zelisa camargo

Poeta é um andarilho sem rumo
seguindo o brilho das estrelas
amando o luar
a natureza e todo o encanto do viver.
O poeta anda de pés descalços
ora latejando, ora sangrando,
mas o cantar é de amor
e sem ele não vivemos
pois o poetar é nosso viver,
nosso respirar,
nosso alento.
Como viver sem a poesia
se ela que expressa o nosso amor,
leva a palavra de paz.
procura unir essa humanidade tão sofrida.
Poeta é um ser iluminado
que nasceu para acalentar nossa alma
iluminar nossos caminhos,
nos dar esperança
mostrar sempre o amor
e em versos e prosa ele canta
a vida, o sofrer e a esperança.
Como viver sem ela.
Impossível...
Mesmos com pés sangrando
vamos peregrinando por esse mundo
levando nosso amor
pois ele é a nossa vida.


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

NOSSOS POETAS DE A a H






LONGA ESPERA...

Adelia Mateus


As horas passam rapidamente
O relógio meu inimigo fatal
um copo de cerveja me atrai
nesta longa espera...


Onde está você agora?
Olho distante sem direção ao nada
pensamentos flutuam libertos...
Por que me deixa sozinha?


Fala que me ama sem sentir...
Como eu queria acreditar
e ter de volta o sorriso
que perdi um dia.


Ah! Como eu queria
despertar desta longa espera
devolvendo minha  alegria...





Voce

Angela*Poesi@


Teu olhar diz muito...
Tua presença eu sinto...
Teu sorriso ilumina...
Teu abraço  aquece...

Teus carinhos são doces...
Teu cheiro eu sinto paz...
Teus beijos são ternos...
Teus pensamentos reais...

Teus desejos muitos sonhos...
Teus sonhos dividimos...
As emoções somamos...
Você é inesquecível...




ABRAÇA-ME 

Anna Peralva


Abraça-me agora, de um jeito só seu!
Envolva meu corpo no porto abrigo,
onde a primavera sempre é apogeu!
Deixa-me quieta neste peito amigo.

Abraça-me! Como num atar de laços...
Que o silêncio murmure sentimentos
enquanto estiver segura em seus abraços
tecendo com emoção, o enlace dos momentos.

Fica assim, enquanto ouço seu coração falar
as coisas que o meu almeja sua boca dizer...
Poderei os segredos dos seus olhos desvendar
e darei graças, pelas auroras que irão renascer!

Abraça-me com carinho, amor e fraternidade,
numa doação sem fim à pessoa escolhida.
Abraça-me! Só em seus braços conheço a felicidade
e em troca serei entrega... Nos seus braços encontro vida!




ÉS MULHER

 Ariovaldo Cavarzan


 És o claro-escuro 
 que me vem despertar
 de sonhos, a cada manhã.

És espiritualidade e matéria, 
 és felicidade, és dor,
 és eterna vontade, és amor.

És sombra benfazeja,
 fruta doce, luz que se irradia,
 és água fresca que sacia...

És o cantar alegre 
 de pássaros, no arrebol,
 e és estrela cadente despencada, 
 em noites caídas depois do sol.

És o pulsar dentro do peito,
 és água, fogo, ar,
 és amor que não tem jeito, 
 és o sossego e a calma,
 depois do chorar.

 És o riso escancarado
 de claras manhãs,
 és brisa fresca que suaviza 
 cotidianas jornadas,
 és rumo, norte, sorte,
 és futuro ainda sonhado.

 És presença que faz falta,
 ternura de hora certa,
 mão que afaga,
 abraço que conforta,
 carinho que liberta,
 és esperança, porta, 
 estrada, jeito de fazer novo
 cada novo amanhecer.

 És companheira, 
 amiga, amante, confidente, 
 és paixão verdadeira,
 és tudo o que quiser,
 eis que, realmente,
 és anjo de Deus,
 és Mulher...





Negue

Augusta Burigo



Que o enlouqueço de prazer !
Negue se tem coragem,
que o faço sempre querer mais...
Que sem o mel dos meus lábios não sabe viver.
Que me quer todinha só sua e de outro, jamais! 


Assuma 
que só eu o faço gemer.
Assuma  
que me gosta assim...
Que, dias e noites, sempre  me quer ter
e que até em sonhos chama por mim. 


Negue 
que o deixo louco,
 pedindo-me sempre mais...
Que não me quer pouco.
Que o quer em mim e em outra,  jamais .

Negue!




COMO ENCARO A VIDA

* Beki Bassan *



A vida nos ensina cada dia,
como nossa alma deve agir.
Mas nada melhor que refleti-las,
tendo como alvo principal o nosso espelho.
Se compartilhalhamos amor,
recebemos carinho...
Se tivermos raiva,
estamos na escuridão...
Não existe nada melhor,
que tirar o oponente da alma
para poder receber LUZ.
Assim, vamos dar as mãos
para viver com Amor e Felicidade.




Aqui dentro, um abismo

Cecília Carvaho


Lá fora, deixei tudo que eu tinha,
sonhos,vontades, desejos,
aqui dentro, apenas guardei nostalgia ...

Quem sabe se voce entendesse meu olhar,
mergulhasse em meu próprio abismo,
entendesse, quem sabe, conheceria parte de mim ...

Lá fora, é um mundo distante,
cheio de lembranças que foram parte de mim,
aqui dentro, eu fiquei sozinha ...

Quando escrevo, abro meu peito, deixo minha alma voar,
voa com meus sonhos, leva meu triste olhar ...

Quem sabe sua alma seja como a minha,
sozinha e triste, já não quer mais sonhar ...




Raios de Sol 

Ciducha



Amanheço ao lado do sol
e venho para 
dar bom-dia
emprestando dele,
os raios mais bonitos
que façam sentido
para nós dois...


Eu sou aquela folha de outono
que vaga sozinha pelos caminhos
que é açoitada pelo vento
pisada pelos passarinhos
e permanece sempre...
à sua espera!


Sou também a saudade
rebelde... incauta
que acredita no amanhã
por inverossimel que pareça,
e espera o sol voltar,
achando que você virá...


Eu sou você, sempre você
dentro do meu pensamento!
E você...
quem será?!...





Ao possível...

 Delasnieve Daspet

.

Tantas cartas te escrevi, saudades!

Chamei pela tua volta, lembranças!

Te busco todos os dias, esperança!

.

Rasguei a terra, reinventei sonhos,

Aspirei orvalho na longa e ingrata

Asa do tempo...

.

Deixei recados aos pássaros,

Tentei esconder os ontens,

Buscando os amanhãs,

Como a chuva, 

Batendo no meu olhar

A cada alvorecer...





EU QUERO...

Eiliana Ellinger




Quero ouvir dos passarinhos alegre canto,
ao som da orquestra compassada das cascatas,
no verde palco que se emana destas matas.

Quero alvor a clarear-me os sentimentos
e a suave brisa embalando minha vida,
nesta estrada em que me sinto tão perdida.

Quero uma sonata que afaste este silêncio,
tecendo sonhos a brotar nos pensamentos
e transformar em eternos todos os momentos.

Quero algum refúgio onde encontre um aconchego,
desfazendo a solidão que se apossa dos meus dias
e assim, retornarão em mim as doces melodias.

Quero despertar as emoções que tanto me encantaram,
mas que sejam apenas de felicidade, pura, afrodisia
e assim, sorrindo, a semear o amor eu voltaria.





A VIDA NUM SORRISO 
     
 Ferdinando©
                               

      O sol fica ainda mais moreno
      Quando adormece sobre a rosa,
      Juntos fazem leito sobre o feno
      Com pétalas da linda mariposa!
       
      A brisa tem palavras no olhar
      Que se abre em mel da colmeia,
      E o rio em segredo a caminhar,
      Desenrola lentamente a sua teia...
       
      Vai-se o dia, e a noite em desejos
      Se perde, em juras e em beijos
      Na cama dos amores e do tempo!...
       
      Cada um de nós tem um paraíso
      Mas deve engravidá-lo de sorriso,
      Como sol beija a pedra sem lamento... 
       
      Germany 18-07-10





A nossa canção...

George Alves


Nos meus dias com voce
o sol brilha, a lua acalenta
a brisa é uma seresta
a relva nosso leito de amor

em seu corpo flui a musica
que em cada toque, exala uma nota
em escala crescente...uma composição
que juntos tocamos nossa canção

cançao composta a quatro mãos
tocada pelo coração...
orquestrada pela emoção
e todos sentidos em posição de sentido

alertas...vibrantes... em completa dação
carinho em ação...caricias em reação
na mesma inercia, na mesma direção
no mesmo paso, na mesma razao....
seguindo a intuição...
que sempre intui meu coração


Joe’A





   A SECA

      Hamilton Brito


      A seca
      A água secou.
      Acho até que
      nem Deus notou.
      Sem lágrima.
      Mas o sertão
      ...chorou.
      O milho... já era
      E sem a seara
      a fome vingou.
      Nem nuvem...
      Nem novena...
      Rezadeira ?
      Escondeu-se
      A menina?
      perdeu-se....
      Ninguém cuidou
      dos seus.
      nem Deus...
      Pé no chão
      bicho no pé
      ...e na barriga.
      Vida... perdida!
      Missão cumprida
      de um jeito ou do outro. 

      E o homem
      ...soçobrou.
      Acho que ele
      nem Deus amou.

      "  Pai, por quê?




Outono de ser...

HildaRosa
  

No entardecer
minhas memórias caem
como folhas amarelecidas,
que voam com o vento.
  
Um caminhar trôpego
que em caminhos floridos percorreram,
misturam-se ao bailados das folhas caidas.
  
Neste outono de ser
vejo as montanhas com a cor de ouro
pinceladas de lilás, amarelo,
das quaresmeiras que se esquecem do outono.
  
É sempre primavera mesmo agora
em tons de marron, amarelo,
Sigo passos pequenos,
em jardins de folhas quebradiças.


   Arte Marida Ternura