28 de mai de 2013

NOSSOS POETAS DE P a Z



VIVA INTENSAMENTE SUA EMOÇÃO...
Penhah Castro


GRITAAAAA... Meu amor
e, deixa do seu coração sair
toda a tristeza causada
por ver a vida passar e,
você querer, merecidamente,
o melhor dela agarrar...

CHORAAAAA... Lava sua emoção
de todo o sofrimento de amor
que alguém possa ter plantado
mas que você nunca adubou...

SONHAAAAA... Porque sonho é alimento!
É projeção da sua vida...
È alimentar sua emoção
diante do amor que é oferecido...

MORREEEEE... A cada dia!

Na renovação enterra as decepções, 
as tristezas, os medos que minam o coração...


RENASCEEEEEE... No seu lindo interior

toda a estonteante beleza
de um amor compartilhado...
De uma emoção viva e ativa...
Renasce para a alegria que você plantou!



Minha Flor
rivkahcohen


É muito dorida esta vida!!

Pega-se o jarro mais belo e com todo cuidado 
planta-se uma azaléia dobrada,
mas ela não vinga!!

E aquele tempo todo 
corre daqui, leva pra lá,
a defendendo do sol,
a protegendo do vento,
não serviram para nada!!

".. foi o tempo que perdeste com tua rosa
 é que fez tua rosa tão importante!"

É caminho só de ida?
Por que ela
não se preocupou também comigo
e assim,
de forma brusca
não olha mais para cima?

A vida madrasta dá risada
e só depois que ensina..

Minha flor não precisava só de mim!
Apesar 
de torrar algumas pétalas,
do sol ela precisava
e o vento não a machucava!!

Minha flor 
não era só minha!
Morreu
porque não a entreguei 
a quem também ela pertencia..!




A CANÇÃO DO ABRAÇO
( ROSE AROUCK )


Abraço
é laço
que enlaça
flamejante para quem faça
apertar mais a união;
seja só de amizade,
de carinho, ou
de fraternidade...
Abraço
é grude do coração,
que envolve e dissolve
o tanto que lhe comove
quando no intento resolve
grudar afeto e emoção.
Abraço
Suado ou adocicado,
dengoso e acalorado,
é mistura de sentimento e tesão.
Afrouxa o fio que lhe assoma
em duas pontas onde soma
melodiosa canção...
Abraço
é música em seu compasso,
que se encolhe nesse passo
aconchegando bem estreito
no chamego mais que perfeito
chamando de encontro ao peito
abraçando sem ou com paixão...
Abraço é do amor, demonstração.




Conectados no espaço
Schyrlei Pinheiro 


Amor é sempre amor,
invisível, conectado, 
 mesmo que desligado.
Funciona em pensamentos, 
vai além da imaginação.
É ficção ou realidade,
concreta, na verdade,
que medimos na saudade.
Amor robotizado 
é sempre muito engraçado
pode ser imaginado, 
preservado, usado 
em perfeita condição,
 terá guardado no estoque
peças novas, para reposição;
não ficará careca;
ou impedirá o tesão,
aumentará o prazer, 
sem causar decepção,
vibrará  no ajuste certo
de acordo com a conexão.
Tem  garantia de uso, 
vem com manual de instrução;
ao iniciar, ligue no  botão desligue, 
em caso de  não dar  certo, 
repita a operação.
se acontecer uma  falha
é erro de  fabricação,
devolva o protótipo 
e peça uma indenização 
por danos, contrários
a causa  garantida
na hora da  utilização



AMO VOCÊ
Sérgio Diniz Barros Guedes


Quando digo
que lhe amo,
não fique com dúvidas,
nem pergunte a intensidade.
Como vou definir
o amor?
Se ele chegou
e para mim nada
perguntou!
Como vou duvidar
desta dádiva de Deus,
quando se ama
apaixonado,
tudo fica e lado,
até mesmo as dúvidas,
só diga, amo você...





MUDANÇAS 
Shirlei Candido


Creio que todo ser humano sente necessidade de mudanças,
Todo ser humano precisa de liberdade para voar, e ter suas próprias conquistas.
Todo ser humano no fundo quer oportunidades para se arriscar,
Mesmo sabendo que pode dar errado, todo ser humano quer crescer, e vencer.
Todo ser humano precisa ser motivado a ser feliz, ser motivado a sonhar, 
e lutar para atingir suas metas.
Todo ser humano precisa acreditar que é capaz, que pode conseguir, 
mesmo que leve algum tempo.
Todo ser humano precisa ser valorizado, e descobrir seus valores.
Todo ser humano precisa amar e ser amado.
Todo ser humano precisa ter seu ponto seguro, alguém em quem possa confiar.
Nenhum ser humano nasceu para viver só, todo ser humano precisa ver gente,
precisa falar se expressar.
Todo ser humano precisa aprender com as experiências da vida, 
mesmo que elas não sejam positivas.
Se o ser humano não sonha e não acredita, não luta e não vive, vegeta! 
Todo ser humano precisa respirar, e não pode viver angustiado e sufocado, 
todo ser humano precisa de paz e serenidade.
Todo ser humano precisa dos seus momentos individuais, precisa pensar, 
refletir o que pode ou não ser mudado.
Todo ser humano também quer seus momentos de adrenalina, 
aqueles momentos que precisa de certa pressão, decisões rápidas.
Todo ser humano precisa rir e chorar faz parte da vida.
Todo ser humano tem uma criança eterna dentro de si, que 
às vezes precisa ressuscitar.
Todo ser humano aprende com seus erros e acertos.
Todo ser humano precisa perdoar e ser perdoado, abraçar e 
ser abraçado, beijar e ser beijado.
Todo ser humano precisa de um colo, um ombro, um chão para pisar.
Todo ser humano tem um coração que pulsa dentro do peito, às vezes 
angustiado outras felizes.
Cada indivíduo é um ser complexo, mas existem coisas comuns 
que todo ser humano necessita para viver! 


15/01/2013 





CRISTAL ENCANTADO
Sueli do Espírito Santo


Com multicores brilhantes
como as estrelas cintilantes
é um cristal todo encantado
refletindo uma luz pingente
mais que um belo presente

É o símbolo de uma amizade,
repleta de carinho, de lealdade
gesto de alguém tão dedicado
terno amigo do mundo virtual
assim encantado como o cristal



Grande Verdade
Tarcísio Ribeiro Costa


Não, não sou passageiro
De uma nave a voar ao léu,
Desajustada, sem rumo,
Sem retas ou curvas,
Em torno do rei,
Rumo ao céu!

Ela não voa léu,
Ela circula orientada
Numa elipse perfeita
Pelo espaço sideral.
O seu espaço percorrido
 (O tempo e a distância)
É um instrumento frio,
Que mede a vida...

O homem vive
Um número de elipses
Ou, ainda, tantas viagens,
Ou tantas idas e vindas...
Mas, às vezes o homem não volta,
Evapora-se da órbita misteriosa
E segue para o desconhecido
Que não tem caminho...

Porque viver preocupado com a realidade,
Criar para si esse mundo de apreensões,
Se nada independe do homem?
Essa realidade,
São desígnos superiores,
Invioláveis -  A GRANDE VERDADE.





MEU CORAÇÃO RESPONDE...
Theca Angel 



Não te respondo com palavras bonitas
Não deixo que minha alma aflita
demonstre o que nela vibra...ardente...
Olhe-me... E  sintas, somente!


Sinta o tremor de minhas mãos...
O olhar brilhante de emoção...
O meu corpo se arrepiando...inteiro!
Como se despencasse  por  desfiladeiro!


Sinta que faltam-me as palavras e 
então eu calo a ilusão em meu peito...
Que o soluço é a voz de minha alma
Exaltando feliz o amor, ao seu jeito!


Sinta...o silêncio não é um vazio...
As horas contam os segundos de saudade...
Desenha-se em meu rosto a felicidade ... 
A tristeza, há muito que partiu!


Cada pedaço de mim te deseja...
Sinta...tudo está escrito em meu beijo...
A mais absoluta paz eu fui encontrar
em teus braços ,  porque me soubeste amar! 


Pergunte meu amor, não tenha receio
Queres saber o que te diz meu coração?
Sinta...Ele responde  no entremeio... 
Que pulsa por ti, acelerado o meu seio!

  

CALMA CORAÇÃO!...  
Wilma Lúcia


Não fique angustiado tão desesperado!
Qualquer hora, num mágico momento
encontrarás o que procuras angustiado.
Porque agora decidistes acreditar 
que também corpo e mente unidos 
estão sedentos de um grande alento.


Que não sejam pobres teus sonhos
com alegria enxergues a esperança 
aparecendo vitoriosa tornar-se real !
Como quem esperava ansiosamente
entregar-te a felicidade como herança.


Agora fica calmo coração, 
deixa o corpo e a mente descansar
a paz que não tinham todo tempo 
que sofrias em desespero, por não
acreditares  que merecias ser feliz 
encontrando o que procuravas!
Hoje sabes que o que pensas, 
e acreditas vai ser como sonhas e quer!!!


Trabalho de arte: Marilda Ternura



18 de mai de 2013

NOSSOS POETAS DE L a N




Dança do Amor
Lucia Trigueiro 
                                

Quero uma composição de orquestra em 
forma de sonata... caráter amoroso 
qualidade... verdadeira melodia 
seqüência de notas por meios de palavras
assediada....sem malícia
Produzindo sons... terno... meigo 
agradáveis aos tímpanos 
sintonia de pensamento 
quero agir... sentir
essa identificação sendo
a mais importante de uma companhia
chamada balé clássico da sedução.
Eu.... Bailarina
Deslocando-se... movimentando o corpo 
de maneira graciosa... ritmada.... 
dançando... várias direções
em curvas... provocando no teu corpo 
uma elevação feito um feixe de luz 
nessa sinfonia em teu braços.
Você...
Encantado com minha sensualidade
beleza....extrema delicadeza
lenta... macia.... 
suavidade feito teoria da sutileza 
proporcionando tua felicidade 
obtida pela estimulação da volúpia 
desse desejo.
Nós...
Incitamos determinada
influência na eficácia desse amor. 



SEM AUTORIA 

Luiz Poeta
Luiz Gilberto de Barros – 
às 21 h e 39 min do dia 18 de julho de 2012 do Rio de Janeiro – Marechal Hermes 


Eu abro um PPS, embevecido;
Devoro seu sublime conteúdo;
E fico impressionado e comovido
Com ideia, a inspiração, enfim... com tudo.

As cores, as imagens, a moldura,
A música, o som... o movimento...
Alguém como eu sentiu toda a ternura
Que um coração criou com sentimento.

Que êxtase me dou... que alegria
Ao ler um pedacinho do escritor
Que soube transformar em poesia
O enlevo de um momento sedutor.

Porém, quando termino, emocionado,
Querendo retornar ao que já li... 
Perplexo, percebo, desolado,
Que o nome do autor não está ali !
  
O texto é muito lindo, alguém pondera
Por isso não há como ignorá-lo...
Discordo ! ...é como expor a presa à fera
E logo um predador  irá furtá-lo !
  
Por mais que um designer se deleite
Com cada conteúdo impressionante
E envolva-o  com seu sublime enfeite,
Vestindo em filigrana, um diamante,
  
O texto sem autor perde o glamour
E todo o conteúdo que seduz,
Transforma-se num trôpego abajour
Que enfeita um velho armário... sem a luz.
  
Alguém me pede, ainda, em negrito,
Que eu repasse a obra sem autor,
Supondo que um texto tão bonito
Terá, ao se espalhar, bem mais valor.
  
Porém eu não repasso, nem copio,
Nem ponho num arquivo predileto,
Pois sem autor, um texto é tão vazio,
Que eu, infelizmente, o deleto.
  
Alguém o copiou... quem terá sido ?
Constato, consternado, infelizmente,
Que os sonhos de um  autor... desconhecido...
Perderam-se da alma... impunemente.
  
Limito-me a agir com consciência
E aguardo – esperançoso -  que algum dia,
Que cada um de nós, com coerência
Não mais repasse autor sem autoria



BAÚ DE SONHOS
Luiza Porto


Revendo o velho baú, sonhos guardados
livros de menina, fadas, bruxas, princesas e cavaleiros.
Fotos antigas em sépia, passeios memoráveis,
praia, casamento dos meus pais, meus avós,
e alguns familiares quem nem cheguei a conhecer.

Encontrei algumas flores secas, sem datas, sem nada
mas que devem ter sido importantes em algum momento.
Cartas que não reli, já passou, não faz sentido remexer,
em velhos amores, despedidas, paixão envelhecida, de
um tempo que não volta mais.

Remexi, revivi e em total desapego, resolvi guardar apenas
as fotos, que fazem parte do que sou, o resto
é apenas passagens de uma vida, que não tem retorno.
Prossigo a viagem, com uma bagagem muito mais leve.



Tanto Amor
LuliCoutinho


O meu amor escondido
Sonho guardado comigo
Hoje um infinito segredo
Onde teço o nosso enredo.

Sinto-o em plena verdade
Com toda minha ansiedade
Que por esse nosso instante
Não o percebo tão distante.

Em noites abertas em luares
Fluídas de clorofila nos ares
Chegas a mim num repente
Saudoso do amor e contente.

No momento que estás ausente
Traço versos de amor dolentes
Vou ao aconchego do teu colo
Tanto amor é o meu consolo!



ESTRELAS AO LUAR
Marcial Salaverry

Em noites enluaradas,
inspirando almas apaixonadas,
até o brilho das estrelas é maior...
Noites quentes de luar,
incitam-nos a mais amar,
é uma lição que sabemos de cór...
Inspiração para os apaixonados,
deixando-os mais enamorados,
o luar acende os corações,
despertando doces emoções...
Em noites estreladas,
as almas apaixonadas,
ficam as estrelas a contar...
Uma gostosa maneira de amar...
Ora direis, contar estrelas...
Parafraseando Bilac que as ouvia,
contá-las, para melhor o amor viver,
contá-las para melhor as saber,
Contá-las,  observá-las,
ao lado da pessoa que amamos,
ou então, se perto não estamos,
pensando em sua imagem querida,
numa maneira dela ser sentida...



DAQUELA PORTA
Maria Luiza Bonini


Daquela porta vislumbrei teu mundo
Era tão distante que tocava o horizonte
Postei-me serena e com olhar profundo
Passei a entender além dos montes

Daquela porta senti uma suave brisa
Tocava meu rosto em suave carícia
Tentava me dizer do amor, tal profetisa
Sem pudor e com um toque de malícia

Daquela porta surgiu o inesperado
Aquele amor, por mim tão desejado
Postou-se à minha frente tal presente divino

Daquela porta ouvi uma voz suave
A me dizer como o chilrear de uma ave
Acolha-me em ti,  sou teu amor menino

São Paulo/Brasil



AMOR-PERFEITO
MARIA LUCIA VICTOR


Cavo o dia com as mãos,
encontro nuvens esparças,
brancas e soltas fumaças,
flocos de doce ilusão.
Banha o sol a esperança,
que cada vez mais distante
se desfaz no horizonte
das dobras do coração.
Alcanço o ar rarefeito,
onde cresce amor-perfeito,
flor de beleza tão rara
que só existe nos céus
da minha imaginação.

Londrina, 15 de julho de 2004



Amor
Maria Tomasia


Belo sentimento
combustível e alimento
que rege o mundo
trazendo  emoção.

Amor,
instalado no coração
produz compreensão
se sentimento sincero
é o que todos querem.

Amor,
que provoca dor.
Lindo como uma flor.
Quem ama sabe viver.

Amor,
Faz bem à nossa vida
é mágico e fortalece
também,  nos consolida.


Quem sente amor
vê a vida com mais cor!



Delira a Poesia
Marilda Conceição
(Ternura)


O que sabes de poesia?
Sabes do amor poeta,
confessas sentimentos ao papel
desenhas versos com sensibilidade e magia.

E do amor que cala
nas profundezas do teu ser
inebriando tua alma de inspiração,
delira a poesia num grito de emoção!



FERIDA NO MEU PEITO
Nanci aurino

                                                   
Uma ferida abriu-se no meu peito
Não há meios de cicatrizá-la
É a dor da perda que insiste
Meu coração maltratar

Dizer adeus a quem se ama
Na dura perda para a morte
Faz verter lágrimas de saudades

E a vida vai ensinando...
Aprendo a cada momento
Superar amarga dor 
E pela vida ter amor!



Viagem pra dentro de mim ...
Nídia Vargas Potsch


A cada instante
em que amortecida estou
as mágoas pingam 
pra fora de mim 
salgadas águas, atormentadas
pelo pensar ausente,
presente a me torturar
com perguntas
que não sei
como responder ...
Talvez se unisse as mãos
a outras tantas
ou mesmo só,
adentrasse no âmago
dos questionamentos
que não me soltam e estão à espreita 
chegasse a um consenso ...
Cada momento é único, 
cada esperança é derrubada,
ruindo como cera
de vela derretida...
Se tempo e espaço 
se unissem num só corpo
e a dualidade desaparecesse 
talvez assim pudesse
perceber o que restou ... se é que restou ... 
definitivamente, 
estou diante de uma infinidade
de sonhos desmoronados,
bem capazes de desestruturar
qualquer criatura ...
ou obrigá-la a renascer ... sem pejo.
É o que pretendo!

@Mensageir@
Rio, 20/11/2009


Trabalho de Arte: Marilda Ternura