terça-feira, 19 de março de 2013

NOSSOS POETAS DE N a Z


QUANDO O AMOR SE ANUNCIA

Nanci Laurino


Quando o amor se anuncia
Inútil é se fazer esperar
Pois dois corações o que mais anseiam
É a felicidade alcançar

Trocar juras de amor
Carinhos, ternuras enfim
Poder contar com seu amado
E assim  a estrada seguir.

Com sonhos que realidades viram
Sem lágrimas do passado
Poder andar de mãos dadas 
Caminhar lado a lado.

05/03/10




Se te amo tanto!

Neide de Oliveira (Cigana)



Queria em forma de poema poder expressar 
A beleza de viver ao teu lado
Mas sem encontrar as palavras certas só consigo dizer:
Eu te amo

Queria compor uma canção com a voz do meu coração
Mas só consigo ouvir que:
Eu te amo

Queria expressar meus sentimentos mais profundos
E deixar a alma falar
Mas só consigo gritar:
Eu te amo!

Tentei... tentei...
E só consigo ver através dos teus olhos,
O meu melhor poema é o teu sorriso,
Cantar minha canção com teu coração e gritar:
Meu Deus... 
Como posso te amar tanto!!!!!!!!!

Dezembro/2010




LUZ...  na Escuridão!

Nídia Vargas Potsch

  
Malgrado as desilusões
 e sonhos frustrados,
faça chuva ou faça sol,
esta chama 
 acesa permanece,
e estarei sempre
 à espera...


Sonambula de paixão
quero despir-me
 dos preconceitos,
das regras vigentes,
dos falsos juramentos 
de amor ou não,
capazes de nos tornar 
estranhas criaturas
praticantes de 
coreografias profanas...


Agitada, murmuro
palavras desconexas,
e entre dentes digo:
amar sem ser amado
pode ser difícil de aceitar,
porém, sua falsa indiferença,
é pior de agüentar...


Se ao menos
você se preocupasse
com meus ais de desejos 
ou minhas gargalhadas de aflição,
talvez, conseguisse
me sentir reanimada e segura,
a respeito dos seus sentimentos.
Você caminha devagar, 
como se ré, fosse dar,
quando ao meu encontro, vem...




ATÉ NA PENUMBRA EU BUSCO VOCÊ....

by Penhah Castro


Na penumbra dos meus pensamentos busco você...
Transpondo a saudade, 
as tristezas, os medos, 
a insegurança, a insanidade...
Buscando ao menos AMIZADE,
deste sentimento construído sobre bases sólidas,
em carinho verdadeiro,
em amor incondicional,
em compreensão total...

Onde está você agora meu amor
Com todo o seu ardor?
Com todo o seu bom humor?
Com toda a sua alegria?
Com nossas infindáveis fantasias?
Com toda a sua paixão?
Com todo o seu tesão?

Onde está sua alma 
que me chama sem parar?
Vem correndo, vem chegando
vem me encontrar...
Eu o estou esperando,
nesta vida ou na eternidade...
No aconchego do meu coração...
De onde você nunca sairá ....NUNCA! 




Meus Olhos

Rivkah Cohen


Em meus olhos,
Um ponto de ausência,
Um choro,
uma urgência, 
Uma vontade de alcançar.

Um caminho
Que o mundo
fez questão de apagar..

Choro em poesia
que é o meio de fazer chegar,
de subir aos céus
os sonhos
que minh'alma queria,
pois é o único solo
que posso ver brotar.






MEMÓRIA INCONSCIENTE

Rosa Magaly Guimarães Lucas
- Eire



Essa memória inconsciente e fria,
Tem me feito chorar constantemente
Ao colocar-me outra vez frente-a-frente,
Co’ músicas, pessoas, e a alegria...

Não a governo o tanto que eu queria,
Pois ela é forte e aos poucos, lentamente,
Vai me fazendo sentir novamente
Uma emoção que às vezes me feria.

Em troca dá-me coisas a bandida,
Que pela vida longa se perderam:
Ouvir na voz da bisavó querida,

Belas canções que sempre me prenderam...
Sentir a dor, a graça, enfim, a vida,
Que do destino as aranhas teceram.

Jacaraípe, Serra, Espírito Santo-Brasil 
06 de Outubro de 2007.




NO CÉU DA TUA BOCA

( ROSE AROUCK )


No céu da tua boca
moram as estrelas dos meus beijos,
que tremeluzem atiçadas por desejos
em um sem fim nesse sublime beijar.
São fagulhas entrelaçadas que chispam
quando os meus olhos deslumbrados atiçam
embevecidos entregues a esse sonhar.

Cumpre em meu rosto o sorriso angelical
traçado por carinhos que vagueiam,
com a ternura de tuas mãos que em mim passeiam
submetidas ao profano ritual...
Esfacelando-me pelas juras que anseiam
por tua boca tentadora e fatal
É fundamental...

Superar todos os limites
quando resistes
a exalar o suspiro ofegante
na imensidão do céu íntimo e penetrante
pelo vácuo úmido da tua boca
estremecendo com minha voz sussurrada e rouca
sensação tão louca
que se torna pouca.




Perdida de Paixão

Schyrlei Pinheiro 


Perdida, escuto meu coração te chamar.
Em sonhos, não vejo as horas passar;  
não choro, mas imploro ao tempo, voar,
até o momento de novamente te reencontrar  e juntos,
sentir-mos  a felicidade de amar. 
O passado vivido, conhece o sentido
do meu gostar,que, no presente, 
encanta o meu caminhar, 
afirmando a certeza desta emoção,
que  procura, e te encontra 
em qualquer direção, 
ouvindo a resposta, suspensa no ar, 
repetindo, no eco, a  declaração, 
inserida com amor no teu coração
o grito, que grito,esta inscrito
na minha paixão.




AMO-TE

Sérgio Diniz Barros Guedes


Percorro teus cabelos,
rosto e lábios,
exponho tua beleza
na palma da mão,
seu lindo olhar convida-me
para beijar.
Beijo terno, primaveril, amado,
submisso aos desejos...
Os sentidos voam
acatando o silêncio,
os rostos dobram-se
no colar dos lábios,
procuramos as cavidades
que se encaixam
no crescer da manhã,
inquietando juízos,
suscitando uma leve palavra:
AMO-TE.




MUDANÇAS 

Shirlei Candido


Creio que todo ser humano sente necessidade de mudanças,
Todo ser humano precisa de liberdade para voar, e ter suas próprias conquistas.
Todo ser humano no fundo quer oportunidades para se arriscar,
Mesmo sabendo que pode dar errado, todo ser humano quer crescer, e vencer.
Todo ser humano precisa ser motivado a ser feliz, ser motivado a sonhar, e lutar para atingir suas metas.
Todo ser humano precisa acreditar que é capaz, que pode conseguir, mesmo que leve algum tempo.
Todo ser humano precisa ser valorizado, e descobrir seus valores.
Todo ser humano precisa amar e ser amado.
Todo ser humano precisa ter seu ponto seguro, alguém em quem possa confiar.
Nenhum ser humano nasceu para viver só, todo ser humano precisa ver gente, precisa falar se expressar.
Todo ser humano precisa aprender com as experiências da vida, mesmo que elas não sejam positivas.
Se o ser humano não sonha e não acredita, não luta e não vive, vegeta! 
Todo ser humano precisa respirar, e não pode viver angustiado e sufocado, todo ser humano precisa de paz e serenidade.
Todo ser humano precisa dos seus momentos individuais, precisa pensar, refletir o que pode ou não ser mudado.
Todo ser humano também quer seus momentos de adrenalina, aqueles momentos que precisa de certa pressão, decisões rápidas.
Todo ser humano precisa rir e chorar faz parte da vida.
Todo ser humano tem uma criança eterna dentro de si, que às vezes precisa ressuscitar.
Todo ser humano aprende com seus erros e acertos.
Todo ser humano precisa perdoar e ser perdoado, abraçar e ser abraçado, beijar e ser beijado.
Todo ser humano precisa de um colo, um ombro, um chão para pisar.
Todo ser humano tem um coração que pulsa dentro do peito, às vezes angustiado outras felizes.
Cada indivíduo é um ser complexo, mas existem coisas comuns que todo ser humano necessita para viver! 

15/01/2013 




MEU LUME

Sueli do Espirito Santo


De longe sinto seu cheiro
quisera estar nesse braseiro
em seu mundo me maravilhar
em seus abraços me afilhar

meu corpo, em delírio te chama
já de tanto desejo se inflama
nessa volúpia já sinto prazer
de imaginar o que sabes fazer

me desfaleço só de pensar
em momentos que podemos passar
em movimentos flamejantes
que nos leva a um doce instante

em todo momento eu te vejo
sinto o calor do seu beijo
matando em mim todo desejo

que me leva alto, lá no cume
levada pelo brilho do seu lume
onde só de amor a vida se resume.




FOI APENAS  UM  SONHO...

Tarcísio Ribeiro Costa


Um dia, em algum momento, eu te vi,
Você me olhou com ares de carinho,
Feliz, naquele ensejo, eu me senti!
Hoje, vivo confuso em desalinho...


Nunca, nunca mais eu pude te ver,
Isso me deixa abstruso, desconexo,
Atônito, não sei mais que  fazer,
Vou procurar ter um viver reverso...


Hoje, sonhei que tudo foi só um sonho,
Sem aquela pura e indene beleza
Tornou-se o meu viver assim tristonho.

  
E, enleado, por essa dura certeza,
Vivo disperso, confuso, bisonho,
A pensar naquela sacra beleza...




O AMOR MAIOR...

Theca Angel


O que eu não faria por este amor
Quantos sonhos do âmago eu alijaria
Quantos desencantos enfrentaria 
Quantas, quantas penas sofreria...

Por ti eu trocaria o dia pela noite...
A vida vibrante pela mais torpe agonia...
A luz por sombras, ou pela falsa alforria...
Por ti, meu mundo aos teus pés deporia!

Mas preferiste de tudo esquecer 
Teus olhos na névoa difusa se perder
Aceitaste a prova a que fui exposta
Ofertando teus ouvidos à fúria imposta ...

Voltaste as costas ante minhas penas
Escutaste as vis razões, tão pequenas... 
E deteriorando nosso amor tão intenso
Me impuseste o cálice de ébrio incenso.

Um dia...um dia, o que passou...voltará
Do ingrato fel, tu também provarás...
Corroerá sem pena, tua alma, a solidão
Te farão falta os beijos que eram tua redenção!

Aqui mesmo estarei sempre a te esperar,
Aqui mesmo meus braços irão te enlaçar
Não haverão palavras, lágrimas, porque...
O amor que reencontrarás te fará reviver!




AMOR...

Wilma Lucia


Amor  ultrapassa  distâncias...
viaja no tempo pelo pensamento.
Amor  feito de lágrimas, instantes perfeitos,
encastelando sonhos, traduzidos em insônias,
que o coração palpitando, angustiado,
mesclando agonias com lindas ilusões.

Amor não se perde no tempo,
passeando  no passado... 
vive o presente, buscando o futuro, 
jamais adormecendo. 
Amor  vai gravando no coração
melodias, datas... nada esquece.

Amor...Amor...Amor ,
Que traz bem guardado ,
todos os sentidos sabores, 
que só ele sabe guardar.
Pois que, só ele se chama Amor!

Amor... tem várias formas
nascendo e vivendo intensamente.
Amor pode ser do que jeito que for,
tendo mil  maneiras de amorosamente 
aparecer, colhendo amor em outro amor ! 

Amor  não aceita  viver sozinho, 
mesmo  às vezes, um pouco amargo... 
Precisa dividir  sua luz seu carinho 
E assim o amor sempre viverá...
Hoje e por toda eternidade! 


Trabalho de  arte: Marilda Ternura

terça-feira, 5 de março de 2013

MULHERES-CIBELE CARVALHO

Minha homenagem às mulheres que fazem a história da humanidade
 e a todas as mulheres que  escrevem sua própria história,
 com carinho, abnegação, dedicação e, sobretudo, AMOR.
Mulheres
Cibele Carvalho


Mulheres
o amor personificado,
 espalham por todo lado
 doação, renúncia, cuidado.
Mulheres
 são como a Virgem Maria,
 mães que sofrem por seus filhos
e pelos pecados do mundo,
e espelham, no dia a dia,
a expressão do amor mais profundo.
Mulheres
 que são companheiras
dóceis, submissas, mas guerreiras
que lutam por seu amado
e caminham a seu lado,
muitas vezes, se anulando
para vê-lo, sozinho, brilhando.
Em prol do sossego almejado,
renunciam e, ainda assim,
são felizes por ter renunciado.
Mulheres
que travam batalhas diárias
para que tudo saia a contento,
para que nada que dependa delas,
fique abandonado, ao relento.
Mulheres
que, em alguns lugares,
por terem sofrido perdas,
são alvo dos oportunistas
- transformam-se em terroristas.
 Levam a morte em seus corpos
- que à morte já se encontravam -
e causam destruição.
Lançam-se como bombas vivas,
deixando feridos e mortos
espalhados pelo chão.
Mulheres
são sempre sofridas,
por lutarem pela vida
com a alma e o coração.
O coração vem na frente,
se expõe e se ressente
com a dor e a ingratidão.
Mulheres
 que são violadas
e, muitas vezes, obrigadas
a doar o próprio corpo,
até mesmo, a seus maridos,
pelo tempo diferente
existente em suas libidos.
Mulheres, ah, mulheres!
Amando
amantes
amadas
efusivas
radiantes
tristes
esperançosas
desesperadas

Todas vocês - sagradas
*****
RJ,03/04/10

Arte Augusta BS

domingo, 3 de março de 2013

NOSSOS POETAS - J a M


Amor Bandido 

JRONALDO.JR 


Ah! como eu te quero
com paixão, com emoção
Te amo, te venero
Estás em meu coração

É muito mais forte
É intenso, cativante
Vai muito mais além, é inebriante
Te quero como amante

És minha amada
Te quero com loucura
É a verdade mais pura
Minha doce criatura

Certo ou errado
Te quero sempre ao meu lado
Amor bandido? Amor safado?
O que importa?
Só quero ser amado




VALSANDO CONTIGO

Jorge Humberto


Ao som da valsa conduzo os 
teus passos, qual mariposas 
bailando nos pontinhos de uma flor,
deixando-se levar pela brisa.

Teus olhos cintilam de uma alegria
feminina e a roda de tua saia
mostra uns tornozelos bem
definidos e graciosos, de se ver.

De branco vestida és como uma
pluma, no correr de meus braços,
enquanto a melodia se passeia,
levando nossos pés ao cume do sonho.

A música não pára e acelera
os movimentos de nossos corpos,
como garças levantando voo,
em direcção ao pôr-do-sol. 

E nós sorrimos e deitamos a cabeça
para trás, em cadências ritmadas,
navegando nas ondas dos sons
primaveris, que a dança realça.

20/09/10




SE EU VOLTASSE A SER CRIANÇA

Junior Pereira Almeida


Sapeca eu seria
E lá na praça...
Jogar bola eu iria
Quantas travessuras eu faria.

Salada mista gostaria
E o primeiro beijo eu daria.
Nas festas e na escola
Muitos doces comeria.

Eu seria simplemente
uma criança competente
estudioso e arteiro
e quem sabe escoteiro?

Saltitando felizmente
nesta minha juventude
o passado que não volta
e no presente... 
eu tenho atitude.

Vitória - ES
06/07/2012





Consciência de minh'alma

Lucia Trigueiro


Embarcação eterna 
perfeito estímulo sublime 
potência espírito santo

nuvem eletrizada caminho  amor
emana raio abençoando perdão
renovando caminho
compreendendo processo de viver 

navegando no prazer de servir
flutuando entre revoada dança sublime
acorde do Universo interior

notas soando emoção energia celestial
sonhando levada pelas ondas 
retorno à consciência
 liberta das marcas do tempo do desamor
acordando para vida espiritual humana




EU NÃO SOU GRANDE...EU SOU SÓ UM MENINHO

Luiz Poeta ( sbacem-rj ) - Luiz Gilberto de Barros 
Às 20 h e 48 min do dia 18 de abril de 2007 do Rio de Janeiro



Eu não sou grande... eu sou só um menininho
Dentro de um homem, cuja sensibilidade
O faz sonhar e até chorar devagarzinho,
Se ele se sente um  menininho de verdade.

Grande é o mundo e a  perplexidade
Dos sonhadores diante de tanta dor
De tanto medo, desamor e crueldade
De tanta gente que nem crê no próprio amor.

Eu não sou grande... sou apenas um poeta
Na inquieta emoção que compreende
Que a poesia é uma angústia incompleta
Que se completa no amor que a entende.

Grande é o amor que a gente tem dentro do peito,
Quando a razão cede à emoção por um momento;
Na emoção, um coração insatisfeito,
Mostra o defeito da razão: o sentimento.

Eu não sou grande, sou um ser que, humanamente,
Chora, sorri, se emociona e fantasia
A solidão... o meu amor diz o que sente
Poeta é gente... eu só sei fazer...poesia. 




MÃOS PERFUMADAS

Luiza Porto


Suas mãos que carregam
o perfume das flores.
Que me ofertas
sem sofrimento, sem dores.

Suas mãos tranquilas
tem um jeito, que eu conheço.
Quando me acaricias
com amor, sem mentiras.

Suas mãos, cheias de desejo
quando me toca.
Somos uno na paixão.

Suas mãos, meu adorado
companheiro, amigo.
Meu sempre...Amado!



No Ballet da Vida
                     
Luli Coutinho


No ballet da vida
Entre avessos e tropeços
Radiosa, ela me sorri!

Muitas vezes desnuda
Outras sangrando
Aos rodopios tudo muda

Por isso procuro no rastro
Seguir o compasso
Do meu coração

Às vezes estagnada
Outras, alucinada
Caída ao abismo da dor

Ledo engano... Driblo!
E uma corrente de cristal
Puxa-me do umbral

E lenta levito a música
De olhos fechados
De uma forma única

E nessa profundidade 
Elevo meus braços
Cantando meu amor

E danço, danço!

Até que vislumbre
Os bordados do ritmo certo 
Desfazer o incerto
Embalar a dor




ALEGRIA DE VIVER

Marcial Salaverry


Alegria de viver, que coisa mais linda,
algo que nos faz bem,
nos dá uma felicidade infinda...
faz bem à alma e ao corpo também.
A vida é como um jardim,
que devemos regar com amor e carinho,
para que possamos enfim,
ver florido nosso caminho...
A alegria de viver está na alma,
é uma sensação de felicidade,
que sempre nos acalma,
e nos dá tranqüilidade.
Sabiamente já se dizia que a felicidade
pode ser sempre encontrada,
não tem credo, cor, nem idade,
e tampouco deve ser procurada.
A felicidade está na nossa frente,
só depende, essa é a verdade,
de que realmente, minha gente,
seja essa a nossa vontade.
A felicidade está no amor,
está na paz, está na amizade,
devemos sempre ter n'alma o calor
do amor, e assim, a felicidade.
A felicidade, nós a encontramos,
ao sentir toda essa ternura,
quando juntos estamos,
vivendo esta ventura,
regando nosso jardim com amor,
para assim colhermos,
a beleza da flor
que por nosso amor merecermos...




POR AMOR 

Maria Luiza Bonini


Tornaste em mim, da vida, o mais doce alimento
A sustentar, sereno, os meus essenciais motivos
Pelos teus leais e amáveis gestos ternos, afetivos
Na devoção constante do mais puro  sentimento 

Aqueceste minh' alma que vivia exposta ao vento 
Vulnerável ao sabor d'um daninho frio, destrutivo
A me sufocar, insistente, tal demente obsessivo
Aumentando minha saudade, em triste desalento

Acalmaste meus dias, com as palavras assertivas
Que a mim disseste, quando me sentia ao relento
Atenuando minhas angústias, dores e tormentos
Ao injetar-me doses de amor, como único sedativo

Reavivaste as cores de minhas cinzentas manhãs 
Que surgiam como a sóbria cela de um convento
Ao trazer-me as mais lindas flores, em teu alento
E o verdadeiro amor, com o tom rubro, das romãs

Entregaste tudo o que de mais valioso, em ti, existe
N' uma  doação que me transporta ao firmamento
Pisando em níveas nuvens e, aos céus, agradecendo
Por ser de amor e, por amor, que meu viver persiste

São Paulo, Brasil




QUERO-TE OUTRA VEZ

Maria Tomasia


Quero outra vez poder mergulhar
nos teus olhos azuis da cor do céu,
para que eu possa de novo sonhar
e nunca mais abandoná-los ao léu.

Vem, me ama como fazias no passado,
quando, dominada pela excitação,
esperava chegar o momento dourado
de a ti me entregar com muita paixão.

Fazíamos amor como nunca  sonhado:
nossos corpos unidos numa entregal total.
Beijos quentes, ardentes, todo corpo suado
- amor tão gostoso, eu nunca tive igual.

Mãos macias meu ventre alisavam,
excitavas-me tanto, que  te pedia mais.
De beijos meus seios não se fartavam;
era tanto prazer... gostoso demais.

Desejo-te de novo como meu amante,
arrependida por ter de ti me afastado.
Serei tua fêmea sempre vibrante;
terás no meu corpo prazer redobrado.

RJ 08/10/11



Eu te prometo


Marilda Conceição

Prometo, 
que dentro de mim,
te guardarei eternamente.
Porque és o meu sorriso,
meu amor, meu paraíso.

Prometo, 
que estarei sempre chegando,
nunca partindo.
Que jamais te direi  adeus,
porque és a luz dos olhos meus.

Prometo, 
que a chama do amor que nos aquece,
jamais irá apagar.
Porque o verdadeiro amor, 
não fenece.

Prometo,
 que juntos, todos os sonhos vamos realizar. 
Que vou te amar, plena e infinitamente.
Prometo, nosso amor eternizar.
Prometo, que além da vida vou te amar.

Prometo.

Em 10/07/2003






Lamento

Marise Ribeiro


Já não tenho mais sorrisos,
Alegria roubada pelo tempo,
No lugar que eles reinavam,
Há ranhuras de lamento.

Já não tenho no olhar
Mais espaço para o brilho,
Está opaco, nublado,
Desde que a vida tirou meu filho.

Já não tenho mais forças,
Nem lágrimas, nem dor que importe,
A saudade de mim se apossa...
Fraca estou... até para abraçar a morte.

Já não tenho mais esperas,
Ceifando lascas do meu peito...
O sonho de um filho criado
Não mais me aconchegará no leito.

Já não tenho mais nada,
Só vazio num ventre deserto...
Meu espírito vaga pela madrugada,
Rogando para se tornar liberto...




A ESCADA

Marly Caldas


Era uma grande escada
largos degraus
macios  como nuvens
era uma escada para o céu
Cada degrau era um pedaço de nossa vida
para ser questionada
Ninguém era obrigada a subir
a não ser que fosse chamada
Deu me vontade de subir
sabia que encontraria a paz
Ao pé dela fiquei parada
mas pensei...
tanta coisa aqui embaixo para arrumar
tanta gente para ajudar
minha familia...meus amigos...
desisti
vou esperar  ELE me chamar....

Trabalho de arte Marilda Ternura