26 de mar de 2014

NOSSOS POETAS DE H a N



AMANDO À DISTÂNCIA

Hamilton de Brito



Como pode ser assim...
Ainda que beleza,
não tivesse.
Sensibilidade em você
não fosse marcante,
o seu sorriso seria
o bastante
para
aos seus pés
um homem cair.
No entanto,
o seu mal está na alma.
E é certo:
ela é insubstancial.
Para a dor que ela carrega
não inventaram lenitivos.
Para o seu mal
não há remédio.
É o vazio
É a falta de horizonte
....tédio!
E eu, de longe,
a tudo assisto.
Deus! sem nada poder fazer.
O meu maior sonho
morre comigo.
E sabe o porquê?
Porque os nossos tempos
não vieram no mesmo tempo.
Os nossos cabelos
são quase iguais:
Os seus, loiros.
Os meus, brancos.
E não posso enxugar
os seus prantos.
Muito menos,
fazer você sorrir.
No seu leito, 
velar pelo seu sono.
Estamos mais para prólogo
e epílogo.
Mas tenho de sobra
o que falta a você...
é como já disse:
Um tempo se colocou 
entre nós.
Mas o amor  chegará
para você.
Chega para todo mundo!
Está por aí,
procurando o seu endereço.
Serei muito feliz, 
terei o maior apreço,
em saber,
que enfim,
você é feliz.




Outono de ser...

HildaRosa



No entardecer
minhas memórias caem
como folhas amarelecidas,
que voam com o vento.
  
Um caminhar trôpego
que em caminhos floridos percorreram,
misturam-se ao bailados das folhas caidas.
  
Neste outono de ser
vejo as montanhas com a cor de ouro
pinceladas de lilás, amarelo,
das quaresmeiras que se esquecem do outono.
  
É sempre primavera mesmo agora
em tons de marron, amarelo,
Sigo passos pequenos,
em jardins de folhas quebradiças.




DILEMA

JRonaldo-JR


Vamos falar sobre Dilema ?
Vejo apenas um único problema
Falar de amor na poesia
Ou retratar da realidade, o dia á dia...

Falar sobre o panorama mundial
Tal qual jamais ví igual,
Ou continuar a clamar pela Paz
Isso é o que mais me satisfaz.

Pensamentos nefastos nos ares
Não menos na maioria dos lares
Irmão ceifando irmão
E não aprendemos a lição

É a renovação milenar
Escrita em todo lugar
De seis em seis mil anos vem e passa
É a renovação da raça.

Fala-se em dilema
Mas não mudam o esquema.
Digo de ante-mão
Cristo é a Salvação

Vamos seguir Jesus Cristo
ELE o único mito
Antes enviou muitos emissários
Reluzentes como um relicário.

Depois veio em corpo presente
E ensinou tudo novamente.
Nós trouxe também o grande conflito
Mas não deixou nada escrito.

Vamos fechar essa tarefa veemente
Conclamando toda a nação novamente
Precisamos um mundo melhor criar
Para quem nele vier habitar.



UNIDOS TEREMOS UM MUNDO MELHOR

Jorge Humberto



Sou todo o mundo e toda a gente,
que comigo faz tenção de caminhar,
pra uma sociedade mais abrangente,
onde a amizade é confraternizar. 

Da nova geração devemos bem cuidar,
filhos da esperança, feita realidade;
eis que nada lhes falte, e saibam amar
o próximo, sem distinção nem idade.

Aos petizes, o melhor aprendizado,
que os faça olhar, para os nossos anciões,
com todo esse respeito acumulado,
que a escola lhes deu, em suas lições.

Dos amigos e vizinhos, só o sorriso na face,
e a palavra solícita, a cada o instante.
E que a todo e qualquer distinto impasse,
venha a compreensão, nunca distante,

a quem apregoa o bem-estar e o cuidado,
de seu semelhante, à face da Terra.
Pois que ninguém, neste quadro adornado,
faça de seu dia-a-dia, uma inócua guerra.

Então iremos no azul, dos azuis, a lembrar,
o quanto somos privilegiados, amiúde,
sem nunca mas nunca, nos transtornar,
que o mais importante, é termos saúde.

E gira que gira o mundo, em eterna beleza,
erguendo jardins, de bem querença;
porque em tudo, nos sobra a certeza,
de que se formos unidos, a todos a pertença.

06/11/11 




SAUDADES

Luiza Porto


Saudade não é passado
pode ser bem presente,
saudades de um amor recente
que acabou sem ter começado.

Saudades dos beijos não dados,
dos abraços que não fizeram laços,
de palavras não ditas,
trocas de caricias negadas.

Essa minha saudade,
é desse amor, que não vingou,
o que poderia ter sido
e não foi...




Olhares do Amor

LuliCoutinho



Levaste meu orgulho contigo,
Pérola de sal e sonho!

Foste a relva que fizeste meu corpo relaxar 
meu abrigo

Das rimas que me inspirei,
para ti formei as mais belas

Por amor voei alto 
planei montanhas de cristal
vislumbrei nuvens de açúcar... Delirei!

Tantos voos eu dei 
percorri caminhos, Éden
naveguei oceanos

Tanto amei!
Foste a razão, a ideologia 
o desejo da minha poesia
O medo a alegria!

O olhar do meu amor a ti direcionei
O vento falou por mim
Ah, quanto eu amei!


31.01.2014
Taiaçupeba




SONHOS REAIS

Marcial Salaverry



Sonhos que acalentamos,
e que por fim, realizamos,
dão a real motivação à nossa existência,
desde que tenhamos paciência
para fazer do sonho, a realidade
que nos dará a felicidade...
Aflorar do sonho sonhado,
para enfim, ser um sonho realizado...
De um sonho, não devemos desistir,
enquanto durar nosso existir...
Depois, olhando os caminhos percorridos,
os obstáculos vencidos,
para termos o sonho realizado,
vemos o quanto valeu termos sonhado,
e por ele tanto lutado...
Sonhos de uma vida...
É o que dá prazer de ter sido vivida...




INQUIETUDE ...

Maria Luiza Bonini



Habita, dentro em mim, uma incontrolável inquietude
A confundir o meu, já tão amadurecido, tempo
Como se eu ainda fora uma menina, adolescendo
Mergulhada em meus sonhos, regados a juventude


Esta inquietude que me permite vagar nos impossíveis
Com tamanha irreverência e sem pedir licença ao magos
Tal Medusa, a tatear a vida, por entre seus tentáculos
Adentra a propalados espaços, ditos intransponíveis


Das cicatrizes deixadas pelo tempo, desenho meus jardins
Tão floridos e belos, que chegam a exalar aroma de jasmins
E circundam, em festa, colorindo o caminhar de meu destino


Minhas angústias, todas elas, as entrego aos querubins
Que as levam, em segredo, para bem longe de mim
Devolvendo-me a quietude da paz de um templo divino

São Paulo/Brasil
16.01.2014




NOSSA ÚLTIMA DANÇA

Maria Tomasia



Vem, vem dançar comigo
a nossa  derradeira dança.
Abraça-me bem apertado,
vamos nossas pernas entrelaçar.
Olha-me bem no fundo dos olhos
antes da  música parar.
Tiremos os pés do chão,
fechemos os olhos e pairemos no ar.
Unamos os nossos corações
para que batam num ritmo só.
Beijemos como apaixonados,
entreguemo-nos às emoções.
Sente o meu calor
para que nunca me esqueças.
Lembra-te do meu infinito amor
e nunca de mim te despeças.
Aperta-me bem forte,
não espere que termine a música.
Quero me lembrar desse momento
até a hora da minha morte.

RJ, 28/08/12




Creia em mim

Marilda Conceição



Dou-te minha luz filha minha,
para que corajosamente continues o caminho.
Dou-te minha paz,
 para que sabiamente enfrente os espinhos.
Saberás cumprir a tua missão,
estou dentro do teu coração.
Dei-te um caminho árduo
para que valorizes a vida.
Mas jamais te deixarei sem guarida.
Creia em mim filha minha.
Prossiga sem medo tua caminhada
estarei te guiando na estrada.
Quando olhares para o final do túnel,
verei teus olhos brilhando,
avistando novamente a luz.
É a felicidade que pra ti reluz.


RJ, 29/07/2006-19.30





DESENHO NA AREIA

Nanci Laurino



Desenho na areia meu nome e o teu,
Em um coração está guardado
Assim como dentro do meu!

O sol aquece a água que banha,
Levando em ondas esse nosso amor.

Na aurora do tempo,
vamos em pensamentos
Sentir a ternura a nos envolver,
E o amor a nos acolher.

28/03/10





Doadora do Amor

NEIDE  DE OLIVEIRA



Um dia não estarei aqui neste corpo terrestre.
E que neste dia, eu seja lembrada como uma mulher que sonhou e acreditou em seus sonhos.
Sou doadora universal do amor!
Portanto, desejo que meus olhos possam fazer enxergar a quem nunca pôde ver o espetáculo 
da natureza na simplicidade de um pôr do sol; Que eles possam trazer romantismo aos corações 
entristecidos, por não conhecerem a beleza de uma noite ao luar.
Desejo que meu coração transborde amor no peito de quem possa amar profundamente, assim 
como sou capaz de amar.
Que este coração possa pulsar tanto amor, que seja capaz de sentir o coração do ser amado.
Que todos os meus órgãos sejam sementes de esperanças para aqueles que acreditam no 
milagre da vida; que o amanhecer deste alguém faça renascer a alegria que reflete o meu sorriso,  
como num rosto de criança.
O que sobrar de mim, que seja cremado e espalhado por sobre o mar...
Assim, quando a saudade te invadir a alma e a minha lembrança te trouxer lágrimas ao coração, 
as ondas dor mar tocarão o teu corpo suavemente.
Será a minha maneira  de dizer que ainda assim te amo, e que o verdadeiro amor é eterno...
Porque sou penas uma doadora universal do amor.

23/03/2007





Por detrás das Cortinas

Nídia Vargas Potsch



O descanso é obtido à meia luz.
Leves cortinas de “voil” brancas 
impecavelmente brancas e leves
cortam, sem sombras, a claridade...


O mundo se revela por inteiro!
Posso destrinchar sem subterfúgios,
Armadilhas e o andar ligeiro da carruagem
Que me faz reagir ou por vezes chorar...


Se chove à cântaros, o tempo não ajuda.
Pingos grossos me turvam a visão...  Verei?
Através das lágrimas não consigo enxergar...


Chega o entardecer, torno a olhar de soslaio 
Toda Natureza renovada. Me extasio diante de
Tanta beleza que nos escapa à visão diária...


Tento me recuperar... Reestruturo meu pensar! 
Sinto a Paz se apoderar de mim
E as lágrimas fugidias secam ao ar...

@Mensageir@
Rio, Jan/2014

Trabalho de arte Marilda Ternura

Nenhum comentário: