sexta-feira, 6 de maio de 2016

DIA DAS MÃES



Homenagem à mamãe
Vanderli Granatto

Uma estrela bonita,
iluminou-se radiante, bela.
Se revelou extremamente singela,
pois vestiu-se da bondade infinita.
Sem os modismos da ilusão,
simples, desenhou a vida.
Mostrou-nos o caminho de ida, 
sem alegorias, com convicção.
Sempre agiu com a voz razão,
colocou-a dentro de seu imenso coração.
Ofereceu  alento nas horas tristes.
Teve firmeza nas  decisões,
precisão nas necessidades.
Fez imperar o respeito acima das emoções.
O valor da vida  passou.
Oh, mãe querida quanto nos ajudou!
Com regras e conceitos formados,
ao bom termo nossa jornada levou.
Transmitiu o bem herdado,
de seus entes amados.
Ofertou  afeição, foi auto-suficiente,
esforçou-se na lida, pra nos dar guarida.
Acolheu a todos de braços abertos.
Doou amor do além,
mesmo na dor, 
trazia nos olhos, algo acolhedor.
Mãe estrela bendita, radiante, bela, singela.
Receba minha homenagem de carinho e amor.





ABENÇOADA!...
Anna Peralva


Corpo bendito e alma abençoada
concebido é o bento fruto
em seu sagrado ventre,
sentimentos em revoada
aportando para sempre!
Bate num suave compasso
o tempo de espera...

Corpo abençoado e alma bendita,
semente do amor ali germinou.
Sonhos espargindo pelo ar,
olhar reflexo da felicidade
que dela já apossou.

Maternidade,
expressão maior de  amar!
Na maciez da face
o brilho que flui sem disfarce,
de quem aguarda ansiosa
 pelo  imenso desejo
de sentir o amado filho
no calor do colo a embalar,
cobrindo-o de carícias e beijos.

Abençoada senhora da concepção,
para sempre reconhecida
pelo dom da pura emoção,
única capaz de gerar vidas!




MÃEZINHA EU TE AGRADEÇO
( ROSE AROUCK )

Mãe querida!
 Luz grandiosa
que iluminou minha vida;
eu te agradeço pela
minha vida parida.

Presente de Deus, 
fostes meu anjo...
Meus passos sempre guiando.
 Hoje comigo já não estás,
mas, sei que permaneces me amando
e velas por mim com  teu amor capaz.

Ensinastes-me com sabedoria
a respeitar as diferenças;
 doaste-me valores e as crenças
na fervorosa prece desde então,
até hoje guardo dentro do meu coração.

Agradeço-te pelas tuas noites mal dormidas;
o desvelo, o carinho que me davas,
a perseverança pela fé que alimentavas
acreditando sempre, 
mesmo com as forças já vencidas.

Hoje neste dia universal devoto a ti,
que Deus escolheu com grande acerto,
pra me mostrar um mundo com conserto
onde ainda flutuo tão só...
Esperando aterrissar em outro melhor.




MÃE, TUAS MÃOS!
(ZzCouto)




Tuas mãos são plumas de suavidade
Ricas em carinho e bondade.
Mãos que oferecem rosas
Simbolizando ações generosas...



Tuas mãos, ricas em perfumes
Abrandam dores e queixumes.
Mãos vibrantes, ágeis, acolhedoras
Que resgatam almas sofredoras...



Tuas mãos têm o toque de leveza
Estendidas, sempre, para a pobreza.
Não esperam recompensas ou favor
Tudo praticam com muito amor...



Tuas mãos, até as rosas respeitam
Elas encantam, enfeitam;
Tal um toque divino de magia
Essência do teu amor, que acaricia...




MÃE

Ariovaldo Cavarzan


Se fosse estrela,
seria brilho, luz, resplendor,
enfeite de amor.

Se fosse flor, 
seria charme, estilo, elegância,  
cor e fragrância.

Se fosse emoção,
seria afeto, carinho, ternura, 
alma pura.

Se fosse anjo,
seria simplesmente 
Mãe.





Mamãe!

Nídia Vargas Potsch



Eu tudo posso

porque ainda tenho

a força do seu abraço,

do seu amor incondicional,

do seu carinho imorredouro ...

Mãe, você é lembrança de esteio,

de compreensão,

de solidariedade,

cumplicidade,

luta, garra e fé.

Das amarras e do fio condutor, 

o exemplo que ficou ...

Mãe, você foi Vida que me deu Vida!

E se transformou, Mãe,

na mais linda estrela brilhante

que lá do alto ilumina meu caminhar,

sempre por mim a zelar,

com seu sorriso sereno ... de Amor ...


Homenagem à minha Mãe Judy
Com toda ternura e gratidão, Nídia. 


Arte AugustaBS

Nenhum comentário: