28 de ago de 2016

MOMENTO DE SAUDADE


RETALHOS

Lilia Machado
Gosto quando me olha sério,
Parece que você é mais meu.
Fico dengosa quando brinca comigo,
Parece que somos infantis...
Fico manhosa quando ralha comigo,
Parece que você é meu pai.
Fico chateada quando é injusto comigo,
Parece que você é meu algoz.
Gosto quando fazemos as pazes:
Rimos,
Brincamos,
Somos infantis...
Olhos nos olhos,
Diz que me ama
Parece que você é mais meu...
Me sinto mulher,
Mais dona de nós!
MEU CORAÇÃO PEDIU MAIS AMOR!
by Penhah Castro
A chuva caia torrencialmente
e, meu coração se agitou,
silenciosamente gritou
QUERO MUITO MAIS AMOR!!!!!
Eu o ouvi assustada
porque sempre acreditara
que tanto amor eu lhe dera
que havia recebido
em troca do que eu doara...

Meu coração adorado
você é minha vida!
O depósito de todo o meu amor
onde você é IMPERADOR...
Gosto tanto de com você estar
sempre em paz e em sintonia
sentir a brisa do carinho
que vem de você
acariciando meu rosto, meu corpo...
O sussurro da esperança
suavemente ao meu ouvido dizendo
de todos os meus merecimentos...
Os olhos da sabedoria
Mostrando caminhos no meu dia a dia
Os lábios do encanto
pronunciando palavras que me inebriam...
AH! CORAÇÃO TÂO AMADO
nem mesmo os meus pecados
deixam impurezas ai...
Eu me perdôo e meu amor afirmo
diariamente, para certeza ter
que só você é o depositário perene
do um amor cuidado e pra sempre...
De um sentir verdadeiro
de um amor que dou por inteiro...
ABISMO DA ILUSÃO
Rogério Miranda
O amor que tenho
para preencher sua vida
com o azul da lua,
é o amor que não soube amar...
Deixando de oferecer ao seu coração
um amor com sentimentos da alma...
Amei-te na fantasia,
sem saber tirar a máscara
que escondia meu amor,
não me preocupei c0m fragmentos
de sentimentos
que ficaram marcados na vida...
Não fui fiel ao seu amor,
hoje mendigando um olhar seu,
procuro a esperança de ver seu sorriso
me chamando para te abraçar...
Sem saber o que é esperança,
recolho lágrimas abandonadas,
lamentando o amor que se perdeu
em mágoas....
Sombras
Caio Lucas


Ontem foram sombras que passaram,
em torno ainda carrego traços,
de um céu que não mais assombra,
nem deixa outra tomar meus braços.


O sentimento é mistério guardado,
nas alturas faz-se ritmo e forma,
acima das negras nuvens de amanhãs,
o hoje vem e o amor retorna.


Somos o universo de apenas dois,
separando as sombras do prazer feito,
guardei na carne nossos antes,
da mulher apertada contra peito.

06/07/2009
CHEGOU
Luiza Porto
Chegou assim, como um amigo
uma conversa gostosa.
Jeito moleque, atrevido
e fiquei assim...Dengosa.
Foi chegando
como quem nada quer.
E eu a imaginar
um fim de tarde de setembro.
Beijo roubado, gentil candura
soube chegar, quebrou barreiras
para vivermos uma doce aventura.
Foi encanto, acalanto
continuas moleque e atrevido
a enxugar com beijos, meu pranto.
POETA PEREGRINO DO AMOR

zelisa camargo

Poeta é um andarilho sem rumo
seguindo o brilho das estrelas
amando o luar
a natureza e todo o encanto do viver.
O poeta anda de pés descalços
ora latejando, ora sangrando,
mas o cantar é de amor
e sem ele não vivemos
pois o poetar é nosso viver,
nosso respirar,
nosso alento.
Como viver sem a poesia
se ela que expressa o nosso amor,
leva a palavra de paz.
procura unir essa humanidade tão sofrida.
Poeta é um ser iluminado
que nasceu para acalentar nossa alma
iluminar nossos caminhos,
nos dar esperança
mostrar sempre o amor
e em versos e prosa ele canta
a vida, o sofrer e a esperança.
Como viver sem ela.
Impossível...
Mesmos com pés sangrando
vamos peregrinando por esse mundo
levando nosso amor
pois ele é a nossa vida.


Um comentário:

HAMILTON BRITO... disse...

Que beleza de trabalho. Estou honrado por estar aqui em t~qao bela companhia.
Meu site é: hamiltonbrito.angelapoesia.com.br