4 de mai de 2010


Ainda que seja ilusão....
Maria Antônia Canavezi Scarpa


Não posso ter medo de te amar,
preciso deixar, que esse sentimento aflore,
venha à tona ácido, denso,
queimando minhas entranhas,
rasgando meus veios, fortemente protegidos...
quero me machucar e sangrar,
somente assim saberei viver
com intensidade


Essa paixão se instalou rápida e forte,
acho que esperei por essa reação,
uma vida inteira, e agora que a tenho,
não importa o quanto ela possa me ferir,
preciso verter esse encanto e não tenho mais,
como retroceder e achar a saída,
só não quero regressar;
essas emoções tem fortalecido meus dias...
revigorado o meu ego tão doído.


Se deixo que meus olhos não durmam,
é porque não posso apagar,
as imagens que ficam na minha retina
todas elas, recheadas de você...
o coração queima de saudades,
não há mais, como secar as lágrimas,
se tudo que quero e preciso
é do seu calor no meu amanhecer

Um comentário:

Anônimo disse...

Um showwwww!! Não se deve temer o amor, ele é o sentimento mais bonito que existe dentro de nós! Ame intensamnte! Beijus Anna Peralva