terça-feira, 10 de agosto de 2010

MAIS UMA ESTRELA BRILHA NO CÉU

Com muita tristeza comunicamos o falecimento da querida amiga
poetisa, Lilia Machado (10/08/2010)
Siga em paz amiga querida
Você estará eternizada em nossos corações.



ÚLTIMO DESEJO
Lilia Machado


Quando meu corpo inerte e frio descer à tumba rasa,
Decerto ficarão os meus ensinamentos aos que ficaram,
Decerto lembrarão de mim e sentirão saudade
De tudo o que eu aqui fiz, porque deixaram.

Quando os grilhões da morte prender meu corpo inerte
E minha alma for liberta desta vida,
Certamente que estes versos sobrevivam
Para imortalizar a poetisa.

Não quero que chorem a minha ida desta vida,
E por isso peço, veemente, aos que ficarem
Que preguem nas paredes da sala fúnebre
Os poemas que escrevi em vida.

Hão de ler com emoção os meus escritos,
E se choro houver, que seja pelos versos...
Que seja pela alegria que senti quando escrevia.
Peço ainda a quem ficou e conviveu comigo
Escrever na lápide que guardará meu corpo inerte:
“Foi amada! Foi amante! Foi poeta!”.

Um comentário:

Anônimo disse...

Mais uma estrela parte para o infinito, deixa em nós a grandeza da sua presença enquanto ser que caminhava na Terra...Era amiga, alegre, companheira fiel, sincera e de rara sensibilidade.Fez a diferença em sua caminhada, deixou lembranças e nunca será esquecida, pois: "Foi amada! Foi amante! Foi poeta!"...Hoje, pássaro liberto das amarras terrenas flui em luz como alma que volta ao berço primeiro... Até um dia querida, adeus é uma palavra pequena demais para dizer ao grande ser que vc foi! Até breve amiga! Anna Peralva