quarta-feira, 13 de maio de 2015

LBERDADE - Rita Rocha


Liberdade
      Rita Rocha

      Tiveste a vida leiloada
      como simples mercadoria,
      mesmo com a alma lavada
      das manchas, sem alforria.

      No tronco foste açoitado
      não subjugando aos desmandos,
      foste bastante humilhado
      e aos trabalhos forçados...

      Conseguiste bravamente
      nos quilombos a liberdade
      pra viver condignamente
      tinhas muita habilidade.

      Das agruras dos tormentos
      que um dia chegou ao fim,
      e por estes bons momentos
      hoje és tão igual a mim...

      Livre? Livres sim!
      Com direitos  preservados
      Todos iguais? Será assim?
      Pátria brasileira!
       Brasileira é Minha Pátria!
      Não demarques as fronteiras
      desta gente verdadeira!

      Santo Antônio de Pádua, 13/05/2015


Poesia e arte Rita Rocha

Nenhum comentário: