26 de jun de 2010

Homenagem à Zelisa Camargo



À amiga e poeta inesquecível, que deixou
saudades em nossos corações.
Foi ela quem trouxe para o Clube de Poetas
a maioria de nossos associados.
Hoje, 26/06, data do seu aniversário, que de onde
você estiver receba nosso
carinho, homenagem e gratidão.

Amigos do Clube de Poetas





ESSÊNCIA
Zelisa Camargo



Queira-me pela minha essência,
Pela minha alma...
Minha face obscura não reflete no espelho,
O corpo em que habito não é meu,
Os passos que caminho não me pertencem!

Estou além desta matéria,
Tenha-me como pássaro livre,
Sem pés, mãos e corpo,
Sou o vento que sopra alma....
Sou voz que ecoa no espaço!

Sou caminhante das nuvens,
Liberta de toda carcaça,
Livre como a água do rio que corre para o mar...
Um dia, minha face verdadeira
Chegará até você!

O casulo ainda não se rompeu,
A borboleta ainda não despontou.
Sou apenas fragmentos,
Queira-me sem rosto,
Sem mãos, sem pés!
Queira-me apenas pela essência,
Queira-me toda,
Não fragmentos de mim!

Um dia,
Deparo-me com você,
A redoma limita o amor a emanar,
A carcaça falsa, não permite ser amor!
Deixa-me ser primeiro,
Deixa-me buscar minha verdadeira face!

Mas hoje habito uma carcaça que não é minha...
Dá-me tempo para ser...
Hoje flutuo no espaço sem tempo,
Mas o que importa é que
Estou renascendo!!!




ZELISA
Luiz Poeta Luiz Gilberto de Barros -
às 19 h e 29 m do dia 26 de junho de 2010 do Rio de Janeiro


Hoje tu me visitaste.

Pousaste no meu melhor silêncio
com a melhor das tuas palavras
sob a solidão do meu melhor olhar embevecido
diante da tua presença escrita.

Nunca li um poema com tanta emoção ,
nunca percorri ruas de poesia
com tanta leveza de passos e de pensamentos.

Hoje tu repousaste na minha melhor solidão,
cuja companhia foi tua melhor preesença metafísica...

Hoje,mais do que nunca,
eu fui verdadeiramente teu amigo.

Volta sempre, amiga para que eu possa sorrir,
dentro da minha melhor lágrima,
o melhor dos meus sorrisos:
o teu sorriso.

Obrigado pela tua imortal presença
Na melhor e mais imortal das tuas lembranças.

Deus te abençoe,amiga...

Sempre.

Afetuosamente.

Luiz Poeta.

Um comentário:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.