29 de jun de 2014

NOSSOS POETAS DE A a E



AMOR CIGANO

Adelia Mateus


Cigana que encanta, 
enfeitiça com seus mistérios...
Nas cartas prevê sua sorte...

Idolatrada, sabe que é querida,
traça seu destino
com o fogo da paixão...

Coração dança com este amor,
como duas crianças
vivem um grande sonho...

Com beijos curam todos os sofrimentos
Fazendo das noites fantasias
Vivendo um mundo de paixão, só deles...

Ciganos fazem do amor uma alegria,
vivendo a alegria do amor...





O amor não Morre...

Angela*Poesi@



O amor não morre e nem vai embora...
adormece nos braços da noite...
Renascendo a cada amanhecer...
Abençoando o viver...
   


Amor verdadeiro doa, abençoa e multiplica...
Não cobra nada do coração...
Não machuca a alma ...
Ele fortalece e impulsiona o viver...

  

O amor tem o tamanho do Universo...
Não cabe no coração nem na palma da mão...
O coração só se rende a esta beleza infinita...
Por isso só alma o sente e o traduz...



TENTAÇÕES

Anna Peralva



Nesse mundo material perigo ronda
os passos... Momentâneas ilusões,
que ao pensamento adentra, sonda
qual vil astúcia e engole emoções.


Tentações são tantas no tempo passante,
que muitos se iludem... Não veem o perigo
que chega num sorriso da noite debutante
e arrastam sombras, que turvam o abrigo!
  

Dizem que o fruto proibido é adocicado!
Cuidado com o que pensa, fala e sente...
Viver nas águas servidão do ter é pecado,
quando só se emprega o "eu", no presente!


Não tenha os pés molhados pela vaidade!
Cultiva sua fé! Tenha sabedoria e decência
para que a alma abrigue luz da humildade.
Pare! Jamais pise no portal da decadência!



FALANDO COM DEUS

Ary Franco



Para dirigir-me a Vós,
Tenho que falar pelo coração,
Abaixar contrito minha voz
Através de minha oração.

Agradecer mais do que pedir,
Redimir-me de meus pecados.
Meu amor por Vós fazer sentir,
Usar de todos meus recatos.

Ajoelhado, pedir-Vos a bênção:
Apiedai-Vos dos carentes sofredores,
Daqueles que não têm nossa atenção;
Rogar-Vos que amenizeis suas dores.

Guiai os passos dos que são cegos,
Clareai o discernimento do demente,
Facilitai o caminhar dos paraplégicos,
Dai fé e religiosidade ao descrente.

Agradeço o teto que nos abriga,
O sol que nossos dias ilumina,
A chuva que nosso jardim irriga;
Cada vez mais, fiel à Vossa doutrina.

Concedei igualdade ao diferente,
Sede complacente com os ateus;
Ouvi esta minha prece plangente,
Emanada do meu coração a Vós, meu Deus! 




Fazer Poesia...

Augusta Burigo



É confidenciar para o papel o que querias viver com toda a verdade.

É sonhar e realizar teus sonhos com maior facilidade.

É de uma forma gostosa amar com toda a intensidade.

É, quem sabe, a maneira de te fartares com o que falta na tua realidade...






SONHAR E REALIZAR UM SONHO

Beki Bassan 



Sonhos não devem ser desprezados...

Eles querem nos dizer algo...

Devemos tentar entender o porquê deste sonho,

e quando compreendido devemos dar o real valor.

Se sonhamos é o porque desejamos muito,

vamos torná-los reais conseguindo trazer alegria 

para nossa alma querida.

Assim ao torná-los reais vamos viver intensamente...

não deixar para fazer todo o percurso novamente.

Vamos realizar nosso sonhos,

observar como foram os caminhos percorridos,

dar valor ao sonho que virou realidade,

ficar feliz por termos conseguido

viver cada parte deste sonho

como muito amor e carinho,

pois a vida bem conquistada é para ser vivida.




Eu vi o céu chorando

Cel (Cecília Carvalho)




Eu vi o céu chorando,
senti em meu dorso derramando suas lágrimas
que molhadas, também molhavam a minha alma ...
Eu vi o céu chorando e eu chorei com ele,
senti meu rosto molhado, salgado,
no peito apertado uma dor...
E solucei ... sem respostas,
sequer questionei, não as teria ...
Eu vi o céu chorando,
uma nuvem passando, carregada de lágrimas,
da humanidade, que cansada
só aprendera a chorar ...
Depois que a nuvem se foi,
eu vi o céu sorrindo, coberto de um brilho feliz,
irradiava calor, veio para apagar a dor,
ajudar a esquecer aquele momento infeliz,
plantar o amor ...
Mas eu, não consegui ...
continuei a ser "esponja"
verter meu pranto, como aquela nuvem infeliz
que não passou, ficou aqui ... em mim !




QUEM É VOCÊ?

Cibele Carvalho



Quem é você

que tomou conta do meu pensamento,

que me faz ficar todo momento

pensando em tê-lo aqui

ou querendo ficar com você aí?

Quem é você

que dominou meu corpo e coração,

por quem vivo suspirando de emoção

e levou de vez minha tranquilidade?

Quem é você

que me mata um pouco de saudade,

e que só quando está comigo,

faz-me sentir feliz de verdade?

Quem é você

que ao delírio me transporta,

quando comigo se tranca

atrás de alguma porta?

Quem é você?

De onde você surgiu?

De algum lugar encantado

que minha imaginação nunca viu?




Dança

Cida Valadares 



Há um dançar aritmico de meu coração
em desespero, tentando acompanhar o teu.
Tu me desdobras e em nome da paixão
eleva-me aos ares , junto ao sonho meu.

Ao fundo a vida se descortina
e como ondas teu passo me arremeteu.
Entre o bailar da mulher e da menina
perdi-me, ao perceber o nada que era meu.

Aos poucos , porém, a música sublima
a tarde entardece e um manto enlutece o céu
Onde está você e... Onde estou eu?
Aqui! Sonhando esta dança que nunca aconteceu.




Amantes do amor
Ciducha



Precisamos nos libertar, amor...
não de nós mesmos, 
que isso me mataria!
Precisamos nos libertar do mundo
e nos condenarmos aos nossos corações
para todo o sempre!


Precisamos ser insensatos, loucos
cada vez mais loucos
por esse amor que nos alimenta
que nos sacia a alma e o corpo


Amantes do amor...
é o que somos!
É o que sempre seremos
e com isso somos felizes!


Parece pouco?...
Engana-se quem pensa...
amar o amor, como nós amamos
é muito mais do que todos têm!
É uma oração
que antes mesmo de pronunciá-la
já se diz amém...



  
CORAÇÃO QUE NUNCA DEIXOU DE TE AMAR

Clara da Costa



Quando olho para trás,
assombro-me e confusa pergunto-me,
onde foi parar os sonhos, os desejos,
aqueles olhos que tanto me encantaram?



Fecho os olhos,
loucamente lembro do passado,
da juventude, daquele amor inesperado
dos sussurros às escondidas.



Veio o adeus, a despedida sem muitas palavras,
apenas um broche que enfeitou meu pescoço
que se perdeu nas gavetas do tempo,
a aquela doída melancolia na janela.

Depois a fuga nas noites solitárias,
onde te procurava entre rostos estranhos,
tentando esquecer aqueles nossos momentos.


Hoje, a melancolia ainda existe no meu olhar,
um grito ainda está sufocado,
nesse coração que nunca deixou de te amar.




Há braços -   abraços  que te esperam!

Delasnieve Daspet
    


Te esperar é saber que estas chegando...
Te esperar, tornam meus sonhos pleno de significados...
Como é bom esperar quem se ama e se admira.

Esperar é saber que meu coração
Se torna sublime de amor e de felicidade.
Tenho policiado minhas atitudes,
Lutado pelo que acho justo,
Aprimorando tudo o que envolve o sonhado.

Tento  vestir minh´alma
Meu corpo, meu espírito,
Com semblante de paz, serenidade,
Ternura, meiguice, amor e solidariedade,
Me preparando para a tua chegada.

És especial.
Há tanto te espero,
Claudicando na luz e na sombra,
Por todas as sendas.

És especial - tratas a todos com
Os  mesmos recursos, a mesma atenção.
E nos entendes como ninguém
Entenderá jamais!


Enquanto te aguardo,
Vou tentando trabalhar  um mundo mais livre,
Com menos discriminações, menos fome,
Menos miséria, menos doenças, menos traições,
Livre de corruptores do bolso e de almas,
Onde a paz não seja utopia.

Enquanto não chegas - vou  aprendendo
Com as dificuldades dos seres humanos,
Dificuldade de relacionamento, familiar,
De sobrevivência, de dividir e do partilhar.

Te espero - para que nos livre das angústias
Que nos assoberba,
Escravidão,  que não nos dá opção de escolha.

Esperando,  exijo de mim
Uma postura, um respeito pelas diferenças
Que constituem a humanidade.

Te aguardo sem surpresas,
Pois sei que retornas todos os dias,
Não só no Natal....
Minha espera te encontra em cada  olhar.

E na retina de meus  olhos,
- na imensidão do que a alma  alcança  e imagina -
Na terra degradada,  que cede,
Na mata queimada que se  transforma em deserto,
Na água cada vez mais escassa,
Na dor do desamparado,
Sei que não ando sozinha...

Estas comigo e com todos os que 
Mergulham na incerteza de um amanha!
Há braços -   abraços  que te esperam!

DD_Campo Grande-30-11-08




Meus Sonhos...Meus Voos...

Dinoni Fernandes Virtuoso



Atendendo ao chamado do coração,
voo livre para teus braços.
Não soltemos mais os laços
da nossa doce paixão...


Atendendo ao chamado do coração,
soltei as amarras do medo,
para viver com emoção
uma história de lindo enredo...


Voo livre para teus braços,
quero aconchego em teu ser.
Quero colo, quero abraços,
sem ti já não sei viver...


Não soltemos mais os laços
desta doce paixão sem medida.
Quero ficar em teus braços
pelo resto da minha vida...


Da nossa doce paixão
uma lição ficará no ar,
é preciso viver com emoção
a maravilhosa arte de amar...




Te  Escrevo ...

Eliana  Ellinger 



Não, meu  querido.
Não vou mais  chorar...
Soluçando  o  meu  querer,
guardando  toda  saudade,
não vou  jamais  te  esquecer...
Nem  tampouco  teus  desejos,
me  inundando  o  corpo  inteiro,
como  nunca  dantes  senti...
Não vou esquecer teus  abraços,
Nem  me  afastar desses  laços
que  me  ligaram à  ti.

Eu  sei, meu  querido.
Também  acontece  contigo...
Devastadoras  saudades
ferindo e  vazando  em  teu  peito,
por  me  querer tanto  assim...
Lembranças que não  tem  jeito,
desse  amor  tão  infinito
em  nosso  destino  prescrito,
te  unindo  prá  sempre  à  mim.

Com  muito carinho,
brindemos  "te amo"  ao  vinho,
embora tão longe daquela cama,
soberbo ninho ardente de quem ama....



Percepção

Elaine Ermel

Apossou-se da tua percepção,
a sensação do sagrado reflorescer do amor,
quando, como uma suave e suscitante canção,
minha presença se fez perceptível,
arraigada no intímo do teu coração.

Intenso, não surpreendeu o seu ardor.
E nem a ti, o desejo dos  meus lábios, num ato de adoração,
no teu corpo esculpir  os primeiros toques da paixão!




O MEDO...

Eme Paiva



Banal foi o momento perdido...
O carinho sentido e não dito...
A carícia freada na ponta dos dedos...

Talvez um dia mais tarde, nos cobrem o ônus
A caricia contida, o carinho calado, o gesto quedo e
Reflitamos sobre a perda, a dor, o ser como somos e
Dormindo sonhemos a mímica da mão concluindo
Esses gestos parados, calados, na ponta dos dedos
em triste incerteza do mais que teria sido
não fosse o prejuizo do medo...




ALMAS UNIDAS

Ervin Figueiredo



Almas que se amam, se doam

Que se entrelaçam parecendo só uma

Que possuem afinidades tantas

Capazes de despertar o mais sublime

Dos sentimentos, das emoções

Das sensações, até onde o ser é capaz

De amar antes que se torne outro

Almas que nem separadas se separam

E por mais distantes estão sempre juntas

Almas que não percebem mais o tempo

E se completam no espaço de si mesma

Almas completas, repletas e secretas

Capazes de dizer tudo em silêncio

Almas feitas para amar: um ao outro

Alma minha e alma tua, alma nossa

Alma vossa, alma que ama a alma ... 



Arte Ternura

Um comentário:

Marise Ribeiro disse...

Parabéns aos poetas desta nova atualização! Belos textos! Marise Ribeiro