1 de jun de 2015

NOSSOS POETAS DE A a F



ABSOLUTA

Adelia Mateus



Sim, sou
absoluta
do amor
gostoso,
carinhoso,
meloso,
dengoso,
safado,
cheio de
desejo,
delírio,
louco na cama
aquecendo,
 beijando,
sussurrando,
sugando,
sentindo
coração
acelerado,
impaciente,
absoluta,
do amor.




Noites de luar ...

Angela*Poesi@


Noite ... de luar azul..
Céu estrelado... 
Lua de raios prateados...
Raios que atingem minh'alma


E desperta meus sonhos...
Já adormecidos...
Amarelados pelo tempo...
Mas Jamais esquecidos...


Meu coração se agita...
E  lagrimas rolam em minha face...
E quando o dia amanhece ...
Só ficam as lembranças...

Brasília 13/05/2004




CHAMAS DO AMOR

Anna Peralva


Coisa alguma nos separa,
somos únicos, unos, onda e mar...
Juntos deitamos sonhos na areia
que em placidez, fica a nos esperar.

Por toda minha vida te amei!
 Chama viva que sempre crescia,
aquecendo a pele em sentimentos.
Nas veias o fluir da magia... Alquimia!

Nossos corpos bailam, ardem... Paixão
que mantém a luz crescente do momento.
Almas que comungam o mesmo verbo,
 presente na composição dos movimentos...

Nem o tempo, que vive colhendo estações
conseguiu semear afasia em nossas emoções!




PAZ

Ariovaldo Cavarzan



Paz é voo de borboleta,
Levitando por sobre roseiral.


É flutuar de pólen,
Ordenando arco-íris,
Ao sopro de brisa fresca
De arrebol.


É suspiro de filho,
Em aconchego de colo de mãe.


É canto de passarinho,
Ciciando segredos
De esperas e desilusões.


É desmaio de abraço,
Mitigando cansaço,
De saudades restadas
Em corpos lassos.

Campinas, 4 de fevereiro de 2015




TUA FOTO

Ary Franco (O Poeta Descalço)



Vi-te deslumbrante e bela em uma recente foto.
Nada diferes daquela que via em meus sonhos.
Sonhos sonhados em passado não muito remoto.
Eram românticos, cheios de momentos risonhos.

Tinha-te eternamente ao meu lado, em pensamento.
A distância nunca impediu de viver minhas ilusões.
Sem reservas extravazávamos nossos sentimentos.
Brigávamos mas voltávamos a unir nossos corações.

O tempo passou e à separação nos conformamos.
Limito meu afã a apenas de ti lembrar eternamente.
Iludir-me na fantasia de que um dia nos amamos.
Tento apagar-te de mim, mas o coração não consente.

Continuarei monologando com meu amor unilateral.
Seguirei imerso no silêncio que me envolve, sepulcral.
Já me conformei com tua cruel indiferença, teu desdém.
Tudo acabará, quando eu partir para além, muito além!





Noite de @

AugustaBS



Eu reclamo, tu reclamas, nós reclamamos.
Um dia meu note, já acordas dizendo que estás mal das pernas.
No outro, sem mais sem menos, tu te vás.
Por dois dias já ficaste de mim ausente, porque não tavas nada bem.
E eu entendo? Nada! Fico P da vida!
E eu aqui usando e abusando de ti.
Meu pobre notebook.
Ontem, levaste não sei pra onde todos os endereços dos meus e-mails.
Bá é de ficar mesmo fora de órbita!
Outro dia desmaiaste, deixaste minha tela no apagão.
Sempre digo que és o ar que eu respiro.
Não te dou folga.
Te uso e abuso.
Te lambuzo.
Mas, cá pra nós...adoras, né?
Adoras sim! Vai, revela!
Todos os dias venho aqui já cedinho te tocar.
Te toco em todos os lugares, aperto no teu enter muitas vezes.
Não te sufoco, te dou espaço, aperto tua vírgula.
Comigo não tem moleza, toco fundo em todos os teus pontos.
Quando quero te dizer algo mais malicioso, vou nas tuas...isso mesmo, nas tuas reticências.
Ai meu note amado!
Te quero noite e dia.
Já levanto pensando em ti.
Muitas vezes esqueço até de dormir e me nutrir.
Ontem, por exemplo, estive contigo na calada da noite e te levei ao máximo dos prazeres.
Te apalpei o que deu.
Fui no +++  e pensei que ias reclamar, eu até poderia ir no deletar.
Mas sei, te conheço...fui direto no teu ponto final.
Gemeste e eu já não me aguentava mais.
Mas fala, fala...foi ou não foi uma noite de @?!







Quando se ama...

Beki Bassan 


Quando se ama,
entrega-se o corpo e a alma.
Ao sentir o amor, tudo vem junto,
sinceridade e felicidade.
Não existe nada melhor
do que um amor sincero...
Nosso coração sente-se realizado,
e nossa vida terá um valor incalculável.
Ame sempre em sincera reciprocidade, 
e sinta este calor,
entregando-se totalmente,
e conhecerá a beleza de viver
com o coração feliz.




Mapa da ilusão

Cel



Ontem tracei um mapa,
da minha vida, caminhos do meu coração,
por onde andei, por quem me apaixonei,
percebi que foi tudo ilusão ...
Nenhum deles sequer ficou guardado,
nenhum deles sequer ficou marcado,
nenhm deles é relíquia do meu passado ...
Lembranças, rostos, nomes,
formavam um mapa de ilusões
vividas por meu coração ...
E eu fiquei pensando,
o que ia levar da vida,
se não guardava emoções ..
Daí senti um vazio no peito,
como se lá dentro dele,
tivessem levado meu coração ...

*** Labirintos da Alma ***
       (Cecília Carvalho)




Alegria

Cibele Carvalho


Não tenho tempo para tristezas;
uma alegria quase indecente
espalha-se em mim, constantemente.
Olho ao redor e vejo beleza;
às vezes causo estranheza
nas pessoas à minha volta.
Em algumas provoco revolta,
porque o mundo sabe ser cruel
e podendo destila seu fel;
não aceita a felicidade,
acha que não é realidade...
Os muito tristes que me perdoem,
mas vamos combinar assim:
cada um viva a sua verdade,
e deixe-me cuidar de mim!

RJ, 27/07/12




Água de Cheiro.

Cida Valadares


Respiração ofegante
explodindo coração,
minando desejos...

Uma tranca trancada.,
Porta murada
chuveiro chovendo...
 Água impregnada
de cheiro de flor.

Uma greta aberta
 olho indiscreto
sentindo o cheiro da água
e sonhando carícias
 Em um corpo nu.

Gotas dançantes
águas delirantes
 Desejos amantes

E esta água de cheiro
invadindo a solidão
Qual ardente tempero

Quais desejos ardentes
Quais paixões perdidas
Quais saudades... Somente!

24/02/2013
Belo Horizonte/MG




QUEM ÉS?

Ciducha



És uma nau,
que navega o meu mar
á sombra da lua!
És quem bem devagar
mesmo em devaneios
me tens toda tua...


És intrepido e orgulhoso
que ousa atravessar no meu futuro
como um clarão de luz
num campo escuro


És a certeza do vento
que vem,como a fumaça
sedento de mim,de nós
neste momento
E assim  o tempo passa ,
enquanto ficas fraco
a padecer de vir........!!


És acima de tudo,
o maior amor meu....
Então.....diga ,responda:
- Alguém já te amou mais que eu??

30/10/2006




Na Rima Que Chora Teimosa

Clara da Costa



Apanho pedaços de nós,
que caem como plumas num delirante bailado,
entre os contornos do teu corpo
ainda presente no meu coração apaixonado.

Entre fragâncias de saudade, 
um filme de nossos momentos passa na mente...
a brisa embala-me, alço voos de liberdade
sentindo tua presença em mim, ainda latente.

Ventos murmuram teu nome,
teu sorriso se ensinua entre as nuvens,
meu olhar voa pelo verso e calo-me
na rima que chora teimosa.




Despedida

 Delasnieve Daspet

.

Partirei sem adeus...

Não me despeço...

Vou embora em silêncio;

Até logo, quem sabe,

Adeus, jamais!

.

Adeus é tão forte

Deixa no ar o fim de algo

Que uniu dos seres.

.

Não digo adeus...

Prefiro que continue na lembrança

O sol ardente, o doce olhar,

Nunca o ódio ou o rancor.

.

Adeus?! Não!

Não irei embora no meio da noite,

Partirei na luz do dia

Para aspirar a brisa perfumada,

Pois,  é para sempre!

DD_Delasnieve Daspet – Campo Grande MS – 04.11.13




CANÇÃO DO PASSADO

Elaine Ermel



Penso em ti sempre!
Porém, muito, muito mais intensamente, depois que o sol se põe,
pois cada estrela que no céu brilha, 
rememora nossos momentos de amor.
A noite é como uma canção que fala de ti,
e tem o poder de fazer com que meu coração galope dentro do peito,
enverede por caminhos trilhados num outro tempo,
em que tão graciosamente ao teu lado sorri!
Quão fascinante! 
E se fecho os olhos por um instante,
tenho a nítida sensação de que estás presente,
acalmando meus medos.
Memória nostálgica de luz que a minha alma irradia.
Quisera nos teus braços ver raiar outro dia!






Paixão Secreta

Eliana Ellinger(Shir)



Nunca foi paixão secreta
o que eu sentia por ti.
Eu clamava aos sete ventos
teu amor que possuí...

Hoje... Hoje guardo a sete chaves,
meu sentir, minhas saudades,
meu pranto, meu desencanto,
com tanta falta de ti...

Recordação de um passado,
por mim toda emaranhado,
guardo e tranco em mim aqui...
Pois todas, te juro, todas pertencem à ti...




SOMBRA

Ferdinando©


Às vezes sinto asco da jornada
Desejo enorme de me tornar vazio,
A pálida sensação de não ser nada
Cobrir-me com a noite sobre o rio...

É flutuante a minha caminhada,
No olhar magoado do meu brio
Desabrochei da vida magoada
Na rota do longe em desvario !

Assim vivo, lastimoso e mudo
Para lá das sombras já vi tudo...
Pinho triste a soluçar os ramos !

O rosto no orvalho é uma saudade
O hoje no amanha é uma verdade,
Da hipotecada vida que sonhamos !

Germany  03-02-11




As mágoas e ressentimentos


As mágoas e ressentimentos envenenam nossa alma

Fernanda dos Santos Garcia Oliveira

Um comentário:

ZzCouto disse...

Está uma maravilha a atualização do Clube.
Parabenizo a todos os participantes!
Abraços,
ZzCouto