domingo, 2 de agosto de 2015

BOM DIA - Rose@ Arouck





Olá Turminha Querida!



Que esse domingo iluminado brilhe para todos e em cada momento do dia uma nova e boa surpresa!
Viver com otimismo essa é a receita para a felicidade.
Manter o corpo saudável é ingerir uma boa alimentação  fazendo exercícios diários.
Mas nunca esquecer de exercitar a mente.
"Mente sana corpore sano"
e para manter a mente sã, nada melhor do que mentalizar coisas boas, alegres e gratificantes.
Eis aqui uma receitinha maravilhosa de como fazer a ginástica da mente:


Quando Acordar:

O primeiro pensamento deve ser;
eu sou o centro do universo porque a potência divina está em mim.


Depois de se Erguer da Cama Pense Forte:

todas as coisas boas da vida estão ao meu alcance e eu vou conseguir obtê-las através do amor.


Depois de Fazer a Higiene Matinal Pense Firme:

Estou apta e pronta para receber e totalmente segura para doar.


Depois Que Ingerir o Desjejum Pense Sorrindo:

Agora essa energia vai proliferar no meu corpo e meu sistema orgânico vai se fortificar deixando-me com uma intensa alegria de viver.

Essa ginástica contínua, vai cada vez mais deixando seu cérebro renovado em células saudáveis e produtivas.
experimente!

( texto de Rose Arouck )
Beijinhos


Um comentário:

Tio Lulu disse...

Gostaria de apresentar um de meus textos poéticos:

"Já não posso mais evitar,
Estou em órbita ao seu redor!
Como a Lua ao redor da Terra.
O dia não pode existir
Se não tiver a noite...
Eu não posso existir
Se não tiver você!
É como se uma névoa,
Maravilhosa e misteriosa,
Me envolvesse por completo...
Você é como essa névoa:
Maravilhosa, misteriosa,
E me envolveu por completo!
Eu vivia a minha vida sossegado,
Tentando ser feliz,
Me enganando mais e mais
A cada dia que passava.
Até que surgiu você que,
Como o vento forte de um tufão,
Varreu todo o ódio e amargura
Que havia dentro de mim,
E me mostrou o que é amar!
Quando me encontrei,
Já te amava!
Esse amor louco que me entorpece
E me domina a ponto
De não sentir mais
Onde termina o meu corpo
E onde começa o seu,
Como se a essa altura,
Já fôssemos apenas um!
Para todas as coisas bonitas que olho,
Pareço na verdade
Estar olhando para você.
Procurei no céu uma estrela
Entre tantas,
E vi você nas alturas,
A mais brilhante das estrelas!
Desci às profundezas do oceano,
Tentando encontrar um sentido,
E lá estava você,
O meu Elo Perdido,
O meu elo com a felicidade!
Mergulhei nas águas do ribeirão,
E ali te vi, e te ouvi,
Em seu canto maravilhoso de sereia,
Tentando me levar
Às profundezas de sua alma!
Admirando uma bela flor,
Te vi em toda sua essência,
Tamanha beleza e serenidade
Que ali havia!
Você é Terra, Fogo, Água e Ar!
Juntos os quatro elementos da natureza
Em uma única figura de mulher,
Que tomou conta do meu ser.
Meu pobre coração
Já não agüenta mais sofrer,
E agora que encontrei você,
Não posso esconder nem disfarçar
Tamanha felicidade!
Como duas almas-gêmeas
Que voltam a se encontrar
Após inúmeras existências
Vivendo em separado.
Eu te sinto como parte de mim,
Um prolongamento de meu próprio corpo,
Uma extensão de minha própria alma!
Quero viver-te em essência e cor,
Quero sentir-te ó minha flor,
Quero louvar-te meu grande amor,
Vem ser o sonho deste pobre sonhador!
Deste sonhador que te adora, e implora,
E por ti chora,
Clamando em silêncio por teu nome,
E alimentando esperanças tão lindas,
Esperanças de um dia poder provar-te,
Minha doce paixão!"

Abraço, e mais uma vez parabéns por este blog, do qual sou seguidor, com muito gosto !
Luciano.