14 de mar de 2010

DIA NACIONAL DA POESIA



Sou o vento que anda ...


E flutua
por encantados
espaços ...
No meu embornal
carrego
sentimentos
e emoções
que vou espalhando
e soprando
a cada canto
do caminho ...
Para os Poetas
deixo o espanto
de maravilharem-se
com a magia
de ultrapassar toda
e qualquer fantasia ...

Nídia Vargas Potsch






ALMA DE POETA


Eu queria saber por que dizes
que poetas só escrevem quando tristes.
Poesia é a vida!
Às vezes desbotada, outras colorida,
às vezes ilusão, outras tantas fantasia...
Poeta tem sentimentos que lança aos sete ventos,
tem amores, luzes, cores, as ondas verdes do mar,
a pureza das fontes, o esplendor do luar...
Seus versos tem sempre um dono!
Sejam eles a sombra do que sente o coração,
ou mesmo o som vibrante de uma doce canção,
as palavras vão fluindo para o verso engrandecer,
deixa o compasso das rimas por suas mãos escorrer...
Sempre encontra motivos para uma nova poesia !
Depois? Depois, torna-se dela o lutador prisioneiro,
onde a caneta é sua espada e ele um nobre guerreiro!
Diga-me então... Por que ?
Por que seria tristeza a inspirar toda beleza,
que ilimita um poeta simplesmente escrever ?

Eliana (Shir) Ellinger
Hazorea, 18/01/2007







"O sonho é o espaço onde a poesia desperta...." cill


O Poeta e seu amor


O poeta sussurra em linguagem própria, externando com habilidade seu sentir mais íntimo. Deixa-se enlevar facilmente e, busca de maneira acolhedora, aproximar-se de seus iguais.

Seu amor é quase religião, e como tal possui ritos e rituais. Alicerça-se em crenças, valores e concepções próprias, de modo que a poesia é o latejar de seus anseios e ao mesmo tempo a pulsão de sua essência Vital.

Eis que o valor do poeta está em sua coragem de versejar a vida, expondo de forma peculiar, os sentimentos que afloram em seu peito. Sejam de alegria, sejam de dor. E suas rimas, seus parágrafos, testemunham a delicadeza de sua alma, quando deixam ,então, deslizar suavemente a emoção que o alimenta. Emoção que por vezes o atormenta, e que habita os confins de seu querer, até que é aliviada, quando o poeta canta o verdadeiro amor.

Priscila de Loureiro Coelho






A Poesia

A poesia é um dom da alma...

é um veio de luz que eterniza

pensamentos e

aproxima vários corações.

Meg Klopper

Um comentário:

Marise Ribeiro disse...

Quatro Poetas de sensibilidade à flor da pele só poderiam nos presentear com textos especiais para o Dia Nacional da Poesia!
Parabéns, doces Poetas! Estendo meus crumprimentos à Marilda e a todos os associados do Clube.
Beijos,
Marise