18 de mar de 2010


NO CIRCO DA VIDA
João Paulo Cruz Santos
Zonzo


No circo da vida
já fui trapezista,
equilibristra,
palhaço,
domador.
Já sofri por amor,
já senti muita dor,
já fui traído e traidor.
Me entreguei à bebida.
Hoje sou um homem bem vivido,
precavido, sem tormentos,
administrando os meus sentimentos.
Tenho bons e maus momentos
Muitas vezes fico a pensar
o quanto é difícil no picadeiro da vida,
um amor verdadeiro encontrar.

Fortaleza, 23 de outubro de 2008

Nenhum comentário: