26 de nov de 2009


MEU PECADO

Cecília Carvalho

Meu pecado foi amar,
deixar que o amor me tomasse
e em seus braços me levasse, com ele ...
Meu pecado foi querer,
sentir meu corpo ferver, na angústia do desejo,
e inebriar-se, na paixão ...
Meu pecado foi sofrer,
deixar-me levar pela paixão,
sentir no peito a dor da saudade, solidão amarga
dos que vivem só ...
Hoje voltei à minha tumba,
ferida, com pecados que me sangravam o corpo
e chorei ...
*** Labirintos da Alma ***
Cel (Cecília Carvalho)

2 comentários:

Anônimo disse...

Cel querida, adoro suas poesias! Mas apesar de ...amar é o melhor pecado que existe, rsrsrs beijus Anna Peralva

Marise Ribeiro disse...

Cel, pescar os sentimentos nos labirintos da alma é tarefa de poeta e você sabe muito bem remexer no fundo e aflorar em poesia.
Parabéns!
Beijos,
Marise