10 de abr de 2010



O MEU PC... O NOSSO PC...
Nídia Vargas Potsch




Sentada defronte do meu PC fiquei imaginando
porquê este "bichinho" nos cativa tanto,
nos faz sorrir, chorar, sonhar... É de uma magia só...
Maravilha da tecnologia moderna!
Eureka! Descobri! Não é o PC, o nosso PC.
Somos nós... Nós que o fazemos "quase humanos"!
Com seus sons engraçados, seus chiados, seus bips peculiares,
nos convidando, nos atraindo, nos chamando...
Levam nossas mensagens para longe e possibilitam inúmeras

trocas de correspondências entre nós, seus usuários,
mesmo que desconhecidos uns dos outros.
Há as conversas no MSN, tantos jogos interessantes,
programas e sites para se pesquisar e nos divertir,
como os alegres e esperados bate-papos das salas de

conversação que, para muitos de nós, é uma excelente
maneira de espantar a solidão;
existem os grupos de confraternização entre escritores, poetas

e formatadores, onde cada qual expõe seus trabalhos, idéias,
críticas e/ou elogios, pequena parte integrante deste imenso
mundo que deseja, através das trocas, transmitir a seus pares,
amigos e afins,
seu carinho, respeito e amor...
Coisa rara, mas até existe, podem crer!
Um PC é um amigo dileto, diário...
Se estamos tristes, PC...
Se alegres ficamos, PC...
Se desejamos contar uma novidade
a algum amigo (a) ou amigos (as), PC.
Se fazemos alguma pesquisa, ou trabalho, PC.
Se queremos nos inteirar das últimas notícias, PC.
Se chega época da Declaração de Renda, que renda? PC!
Se precisamos enviar e-mails, PC.
Se desejamos expor nossos trabalhos, PC.
Se fazemos uma nova poesia, PC.
Se queremos consolar alguém, PC.
É PC que não acaba mais...
Há PC para todos os gostos, estilos de vida e necessidades...
Contra indicações: Já foi divulgado, mas não custa lembrar:
"vicia" e, infelizmente, para muitos de nós ainda custa bem caro...
Indicações: deve ser usado com moderação,se possível...rs rs....
Mas é a "Maravilha das Maravilhas", porque através dele o ser

humano faz aquilo que deveria fazer sempre: SE COMUNICAR!
Fazemos ótimas amizades, muitas vezes até nos

desentendemos, mas estamos sempre lá... grudados na
telinha... chova ou faça sol... incrível!
É difícil contar o número de amigos conquistados ao longo do

tempo e daqueles que se foram sem nem deixar rastros...
Existem também os episódios tristes e as atitudes lamentáveis.
Nada possui somente seu lado bom...
Os desentendimentos e xingamentos nas
salas de bate-papo, (falta total de educação, decoro e respeito

pelo nosso próximo), os hackers, os vírus "malucos" que nos
atacam a
cada dia...
Se não houvesse este lado negativo,
até que poderíamos nos divertir bem mais, não acham?
Mas o homem é o Homem!
Um animal que se diz "racional" e ainda não
desenvolveu plenamente sua capacidade de amar, se dar e ser feliz...
Somos muitas vezes cruéis, mesquinhos, tremendamente

egoístas e invejosos...
Para se ter uma idéia, somos o único animal do planeta que

destrói a Natureza, lembram-se?
"E quem destrói a Natureza, mata a casa da Vida",
nos ensinam os índios Maués...
Sabemos que é a Natureza o sustentáculo da Vida Humana.
Então por que isso?
Precisamos aprender a viver e a conviver em harmonia com

nosso meio-ambiente e principalmente com nossos
semelhantes...
O Homem prega o Amor, fala de Paz e mata o seu Próximo!!!
Ainda estamos a milhares de milhas de tal aprendizado...
Quem sabe, com o uso contínuo do PC, do nosso PC,
possamos nos unir um pouco mais e fazer uma grande corrente

de confraternização universal?
Quem sabe possamos aprender a viver mais dignamente?
A despeito de tudo que se possa sonhar e desejar,
a Vida é um bem precioso demais, nosso presente de Deus!
Um deslumbramento que nos surpreende a cada Amanhecer

e Pôr-do-Sol....
Quem sabe, um dia, consigamos nos orgulhar de nós mesmos,

por ser "Gente"?
Quem sabe???


@Mensageir@
Rio, 9/01/2001

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns Nídia!!! O homem anda perdido entre o ser e o ter, acaba tendendo por egoísmo a sempre querer ter mais e mais... Mas um dia ele descobre quão ilusória é a vida, quem sabe dá tempo de voltar atrás e traçar um tempo novo? Que assim seja! Beijus Anna Peralva