domingo, 27 de dezembro de 2009


AMA-ME!
Theca Angel


Ama-me,toma-me entre teus braços
Trás até mim outra vez a tua alma
Faz-me refém de teus doces afagos
Na cálida explosão de nossos corpos.

Toma-me e ama-me... como te amo!
Ninguém como eu lê a tua alma
Te entende e ao te ofertar meu amor
te aceita,mostrando-te minha alma poeta...

Te compreendo porque sou como você...
Ardente chama que não esmorece
ante os sopros que o inquieto vento
tenta em vão destruir o alento...

Ama-me como te amo, sem receios,
sem falsos pudores, com a inocência
da criança, a insensatez do amante
a voragem dos que vivem seus sonhos...

Nossos anseios tem em si a força
de um tufão que nos arrasta e faz
das míseras incertezas esfumaçantes
espirais a diluírem-se no espaço!

Amo-te...Hoje talvez mais que ontem...
Amo-te com a segurança de quem perdoa
de quem entende as desarvoradas loucuras
e que relega as desventuras e tormentas...

Vem amor...ama-me! Há em mim
a mesma chama que um dia acendeste
O brilho mesmo com que de nossas aventuras
aquecemos o peito em meio às tempestades!

Vem meu amado... Vê...a Lua espia-nos
e lá do alto envia os mesmos raios
a beijar-nos, prisioneira ciumenta de nossos desejos e entregas amantes...!

Ama-me...Amo-te! Que persistam os laços
que desde a eternidade nos ataram
e... se renovem ainda uma vez as promessas
tantas vezes repetidas nos nossos silêncios!

Um comentário:

Anônimo disse...

Lindooooooo!!! O amor é chama que aquece o corpo, renova os sonhos e dá sentido exato à vida! Beijus Anna Peralva