domingo, 20 de dezembro de 2009




Palhaço
Rivkah Cohen

Sou um palhaço...
Sorrio quando tenho vontade de chorar,
mas cubro meu soluço
com gritos e cambalhotas
...de alguma forma procuro extravasar.


O mundo não quer ouvir sobre dores,
já tem motivo demais para chorar.
Por isso, senhoras e senhores:
Quem caiu, trate de se levantar!


Se mirem no palhaço
que por tropeçar
o povo acha graça
que se pinta para disfarçar.


Seja também um palhaço,
deixe só o sorriso estampar.
acendam as luzes,
rufem os tambores!
Só as alegrias devemos somar!


2 comentários:

Anônimo disse...

Para vc sempre o meu aplauso! Sou fã de carteirinha... beijus Anna

Rivkah disse...

Agradeço o Prêmio ao CLUBE DE POETAS por esta e outras publicações e a você Annamiga, meu carinho Hoje e Sempre!
OBRIGADA!
Beijo meu,
Rivkah