sexta-feira, 18 de dezembro de 2009



AMOR QUE AGORA PARTE
Nanci Laurino


Do amor que hoje parte,
Levo apenas as saudades,
De momentos bons juntos vividos

Dos piores momentos,
entrego ao esquecimento,
Pois será ele meu fiel companheiro,
Já que a lembrança forte baterá
E não a deixarei fazer morada!

Sigo na certeza de ter amor grande vivido,
E de tudo feito para ser correspondido.
Mas amores são assim...
Nos levam ao êxtase do encantamento,
E nos afundam na escuridão do isolamento.

26/01/08

2 comentários:

Anônimo disse...

Ah o amor! Sempre ele, mas o que seria do poeta sem ele? Na pluralidade deste sentimento ainda fico com sua parte singular, sem amor a vida é um rio seco! Beijus Anna Peralva

Nanci Laurino disse...

O blogger está maravilhoso, parabéns Marilda pela arte suave, tem muito de vc, carinho.
E parabéns também aos poetas que desfilam com suas letras.
Bravos, arte e poesia.
bjinhos e meu carinho
Nan*