segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

POETA, SEMEADOR DE ILUSÃO
ROSE AROUCK

O poeta tem a beleza
na ponta dos dedos
e a magnitude
na mente.
O poeta não mente,
sente...
e transmite,
como quem
viaja
na quietude
dos astros
que povoam o infinito.
Jorra por sobre a Terra
o seu grito
de amor,
de dor,
aflito...
Ou com a esperança
que o mundo se livre
do seu conflito.
O poeta é um condutor
e semeador
de ilusão.
É um estrábico letárgico
que acelera
enfático
os passos de um coração.
É sublime em sua sensação
e nos transforma
em seres que reforma,
dentro de um universo
e transtorna
a elegância de
uma emoção.

Um comentário:

Anônimo disse...

Belo Rosita! Opoeta tem sexto sentido, sente o que ninguém vê, percebe o que ninguém sente, é um pescador de ilusões! Beijus Anna