20 de dez de 2009




UNA FURTIVA LACRIMA.....
by Penhah Castro



Uma lágrima danadinha,
resolveu dos meus olhos cair
escorrendo bem mansinho
pela minha face surpresa...
E, me deixou a questionar...

1
Talvez fosse um suave recordar
da luz brilhante & constante na minha vida
quando com tanta corajem abria meu coração...
Ainda guardo na lembrança
somente o amor vivido
nunca o amor sofrido...

2

Talvez pela saudade incontida
de sentir você chegando devagarzinho e,
enchendo o meu coração de uma claridade divina....
Do seu sorriso de felicidade,
da sua voz tão animada...
Da esperança que nunca acabava...
Do meu presente maravilhoso ,
mas longe do seu amor....

3

Talvez por ver meu irmão
morto no chão da vida
e, ser tão impotente na minha guarida....
Por ter que sentir " medo"
não por mim, mas por meu irmão indefeso....
Pelos que tentam nos proteger
e, morrem no cumprimento do dever....

4

Talvez uma sombra da tristeza
de não poder ajudá-lo meu amor
a tomar decisões que tanto o beneficiarão...
Por querer ser um raio de sol
iluminando o seu mundo obscuro...
Por querer a beleza da lua ter
para o contemplar sempre sorrindo....
Por querer satisfazê-lo plenamente
e, eternamente.....
Pelas caricias ousadas suando sob seu corpo,
estremecendo de um insano prazer...
Fazendo uma festa diária de alegria,
um mundo de fantasia...

5

Esta lágrima também mostrou a saudade,
a dor das perdas, o envolver das maldades
que nascem nos corações
e ao cair das lágrimas levam emoções contidas....
Hidratando nossas vidas
para colher bons momentos
recuperando o amor,
a juventude dos sonhos,
a força para reviver uma grande paixão...

Um comentário:

Anônimo disse...

Aplaudindo de pé, grande Penhah! Beijus Anna Peralva