17 de dez de 2009


Meu mundo é você...
Maria Antônia Canavezi Scarpa


Um eixo gira meu mundo
nem sempre como a velocidade do tempo,
nem tão letárgico como as marolas num mar calmo,
apenas sei que ele gira para me descortinar
novos horizontes

Na sua ausência sinto-o frio, quando,
não me oferece abrigo para a dormência
que causa em minha lucidez,
ao embriagar o meu sangue de saudade...
tudo...porque não sei esconder o que sinto

Descobri que o irreal pode me fazer percorrer
a imensidão dos seus trópicos,
já que amar você tem sido meu encontro
com o equinócio, sempre
girando, girando em torno desta paixão

Não consigo separar minha sombra,
nem ao menos vedar meus sentimentos,
para que eles deixem de flutuar
como uma pena solta no ar,
sei apenas que meu mundo é você...

Temos muito a percorrer, até atingirmos
o berço do "arcobaleno"
onde todas as cores brincam de debruar,
tingindo o céu com seus espectros,
que se refletem no pote dos nossos desejos

Não posso apagar esse sonho,
nem imagino como vai terminar esta história,
o importante é que na imensidão deste prelúdio,
estar com você é tudo...
é não quero achar motivos
para morrer de amor...

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns pela poesia! Nunca devemos esconder sentimentos ou apagar sonhos, seria como esconder o que de mais bonito existe em nós! Beijus Anna Peralva