15 de dez de 2009


SENTIDO!

Grito seu nome ao vento!
Ecoa só... Em meu pensamento
Das formas apenas visão
Lembrança... Sentida... Ilusão

Quimeras de um simples momento
Indulto em vão sentimento
Prado disperso de pura paixão
Descansa alheio a posição

Ao léu intenso e quanto
Ao vento à toa o pranto
Grito seu nome... Ecoa canção

Ao Mar... Ao Céu... Ao seu... Coração
Grito seu nome ao vento!
Sentido... Descansa... Emoção.


Maria Inês Simões

Um comentário:

Anônimo disse...

Bravo poeta! Belo grito de sentimento e emoção, que o vento o leve... Beijus Anna Peralva